Nas ruas do Centro de Rio Claro, o primeiro dia da reabertura do comércio definida pelo movimento de lojistas e donos de bares e restaurantes, nesta quinta-feira (08), teve a maioria das lojas trabalhando em sistema de “meia porta”, com os clientes retirando produtos sem entrar nos estabelecimentos. A expectativa agora fica para o período noturno, quando restaurantes e bares anunciaram que vão reabrir os salões para servir os clientes nas mesas.

Segundo informações divulgadas pelo governo de São Paulo, na fase emergencial do Plano SP, que vigora até o dia 11 em todo o estado, “estão proibidas as retiradas presenciais de produtos em restaurantes e lanchonetes, o atendimento presencial em lojas de material de construção, as celebrações religiosas coletivas e atividades esportivas em grupo.

Lojas e restaurantes só podem fazer entregas a clientes dentro de veículos (drive thru), entre 5h e 20h, ou por entrega em sistema delivery por telefone ou aplicativo. Não há restrição ao funcionamento de supermercados. Mercearias e padarias podem funcionar seguindo as regras de mercados, com proibição de consumo no local”.