Seis vezes por semana um verdadeiro mutirão é montado no Sesi de Rio Claro em prol da solidariedade. Sem aulas e com os alunos em casa por conta da pandemia do novo coronavírus, a cozinha da instituição de ensino era para estar fechada, mas tudo mudou diante da necessidade de ajudar o próximo. Em torno de 1.800 refeições são preparadas e embaladas de segunda a sábado para na sequência serem distribuídas a quem precisa por meio de ONGs, igrejas e projetos sociais locais.

“Tudo o que a gente aqui faz se revela por meio de uma bandeira chamada educação. A gente faz esporte, cultura, com a perspectiva de educar. E na alimentação, na nutrição não poderia ser diferente. Ativamos nossos parceiros que foram fundamentais para que essa corrente do bem se concretizasse e essas refeições balanceadas chegassem até a mesa de quem precisa. As histórias são muitas e alguns desses beneficiados têm essa refeição como a principal e única do dia”, disse Ricardo Alexandre Machado, diretor regional do Sesi.

Um desses parceiros é a Casa das Crianças. Somente eles buscam no Sesi 238 refeições: “Ligamos para as famílias das 140 crianças que atendemos e, como neste momento de pandemia não podemos recebê-las, àqueles que aceitaram a ajuda estamos entregando e o retorno tem sido extremamente positivo”, afirmou Cleber Batista, que trabalha na administração do local.