Em seu título, a mostra faz referência ao universo infantil e sugere que basta mudar a perspectiva diante da forma como se enxergam as coisas

Da Redação

Em seu título, a mostra faz referência ao universo infantil e sugere que basta mudar a perspectiva diante da forma como se enxergam as coisas
Em seu título, a mostra faz referência ao universo infantil e sugere que basta mudar a perspectiva diante da forma como se enxergam as coisas

A abertura da exposição “Pro Céu, pro Céu, pro Céu, pro Chão, pro Chão, pro Chão…“, da artista Bete Esteves, acontece nesta terça-feira (9), às 19 horas, no Sesi Rio Claro, com coquetel. A entrada é gratuita. O público pode visitar as obras até o dia 2 de agosto, de terça a sexta, das 8h às 20h, na própria instituição. A classificação é livre.

É a primeira vez que os trabalhos da artista são apresentados no Estado. A exposição faz parte do projeto Espaço Galeria Sesi-SP, que apresenta exposições itinerantes com linguagens e formatos distintos.

COTIDIANO

Em “Pro Céu, pro Céu, pro Céu, pro Chão, pro Chão, pro Chão…”, a artista cria obras que dão vida a objetos simples do cotidiano de forma lúdica. Em seu título a mostra faz referência ao universo infantil e sugere que basta mudar a perspectiva diante da forma como se enxergam as coisas, para se surpreender com as diferentes atribuições de sentido que existem nelas. Composta de instalações com fotografias, vídeos, desenhos e objetos, a exposição chama a atenção do público para eventos, muitas vezes, imperceptíveis no dia a dia.

Na obra há uma conexão entre arte e tecnologia, que pode ser observada por meio das instalações apresentadas e, para isso, a artista mistura conhecimento técnico e imaginação. Na exposição se destacam a série de fotografias Pontes Mínimas – imagens de pequenas pontes de madeira instaladas sobre pequenas poças pluviais, ou sobre pequenas inundações formadas nas ruas e calçadas da cidade logo após as chuvas, e a série Lampírides, fotografias noturnas da ação de pescadores, feitas do alto de uma colina.

Ainda é possível conferir a instalação, Leve, que apresenta imagens de pipas presas a cabos elétricos. Já o vídeo Claras em Neve II mostra como os postes podem ser vistos como hélices batendo nuvens.

SOBRE

Bete Esteves é mestre em linguagens visuais e no momento está cursando doutorado, ambos pela Universidade Federal do Rio de Janeiro. Vive no Rio de Janeiro e trabalha com desenho, vídeo, fotografia, objetos e instalações, sempre explorando a transdisciplinaridade. Tem se dedicado à criação de dispositivos poéticos que unem experiências artesanais, científicas e técnicas com aparatos mecânicos, digitais e tecnológicos.

A artista já participou de inúmeras exposições coletivas no Rio de Janeiro durante sua carreira. Em 2014, além de ter obra apresentada na exposição 32th Coopy RIghOTs – we MADE it READI, in Brazil, na Alemanha, participou da exposição Deslize no MAR – Museu de Arte do Rio, e teve seu trabalho adquirido para coleção do museu.

PROJETO

“Pro Céu, pro Céu, pro Céu, pro Chão, pro Chão, pro Chão…” faz parte do projeto Espaço Galeria Sesi-SP, que apresenta exposições itinerantes com linguagens e formatos distintos. As diferentes mostras circulam por unidades da instituição durante oito meses, permanecendo até 45 dias em cada cidade. O Sesi Rio Claro fica na Avenida M-29, 441, Jardim Floridiana. Informações: (19) 3522-5650.

A sua assinatura é fundamental para continuarmos a oferecer informação de qualidade e credibilidade. Apoie o jornalismo do Jornal Cidade. Clique aqui.

Mais em Notícias:

Trechos da Avenida 8 recebem recapeamento

Curso para mulheres com deficiência está com inscrições abertas