Sepladema é desmembrada entre Ambiente e Governo

412

Carine Corrêa

Prefeito eleito Juninho da Padaria (DEM) no auditório do JC. Juninho explicou motivos que levaram sua gestão a desmembrar a Sepladema
Prefeito eleito Juninho da Padaria (DEM) no auditório do JC. Juninho explicou motivos que levaram sua gestão a desmembrar a Sepladema

Dois dias depois de fechar a equipe de secretariado, o prefeito eleito Juninho da Padaria (DEM) detalhou a mudança na Secretaria de Planejamento, Desenvolvimento e Meio Ambiente de Rio Claro (Sepladema) em seu governo. O democrata explicou que a pasta foi ‘desmembrada’ em duas: Secretaria Municipal do Meio Ambiente e Secretaria de Governo, Administração e Desenvolvimento Econômico.

Antonio Penteado é o novo secretário municipal do Meio Ambiente. Há mais de 15 anos atuante como consultor em meio ambiente, recursos hídricos e mineração, ele é servidor público federal efetivo no cargo de especialista em recursos minerais na área de geoprocessamento do Departamento Nacional de Produção Mineral (DNPM), autarquia vinculada ao Ministério de Minas e Energia.

“Entendemos que o nome Sepladema tinha que acabar. A burocracia do sistema era muito grande. Nós acabamos com Sepladema porque era um anseio dos empresários de Rio Claro. A demora que existia dentro do sistema era muito grande. Parte da secretaria ficou para Meio Ambiente e parte para o Governo, junto ao prefeito. Assim o empresário terá contato direito comigo”, explica Juninho. “Iremos fazer uma interligação entre as secretarias, porque a resposta da pasta tem que ser imediata. A demora dentro dessa lógica da burocracia fez com que a cidade perdesse várias empresas em virtude da morosidade nas aprovações de projetos. Denunciei como vereador várias vezes. O sistema leva seis meses ou até um ano pra dar um parecer. Com a demora de resposta, o empresário abandona e vai pra outra cidade. A muitos projetos queremos dar agilidade, por isso que fizemos essa mudança. Esse é o propósito, desmembrando entre Meio Ambiente e Governo”, frisou o democrata.

Ainda dentro da crítica ao tempo de resposta das secretarias, o prefeito eleito avalia com ar otimista a interligação entre as pastas. “Temos que entender que Rio Claro hoje tem potencial muito grande, mas tem que ter uma política para desburocratizar, logicamente que respeitando as leis vigentes. As empresas sempre bateram às nossas portas”, finalizou.

Meio Ambiente

O geólogo Antonio Henrique Dantas da Gama Penteado foi anunciado para chefiar a secretaria. Já a Secretaria de Governo, Administração e Desenvolvimento Econômico ficou nas mãos do advogado e empresário Edson Pudence.

Qual sua opinião? Deixe um comentário: