Sem reparos, deformidade no asfalto aumenta e oferece riscos

99

Adriel Arvolea

No cruzamento da Avenida M-37 com Rua 14, Parque São Jorge, há uma deformidade no asfalto que ameaça a segurança no intenso trânsito da região
No cruzamento da Avenida M-37 com Rua 14, Parque São Jorge, há uma deformidade no asfalto que ameaça a segurança no intenso trânsito da região

Em dezembro de 2014, o Jornal Cidade noticiou que no cruzamento da Avenida M-37 com Rua 14, Parque São Jorge, havia buracos e deformidades no asfalto. Num dos pontos afetados, o asfalto cedeu e apresentava uma ondulação, com riscos ao trânsito. Passados dois meses, o asfalto cedeu ainda mais e a ondulação aumentou, dificultando o tráfego naquele ponto.

À época, a prefeitura informou que a Secretaria de Obras enviaria equipe ao local para verificar o que estava acontecendo e tomar as providências cabíveis. De fato, nenhuma melhoria foi realizada na área. Na última semana, o leitor do JC, Sérgio Soares, por meio do WhatsApp da Redação, relembrou o caso e a situação atual do problema. “O JC já noticiou o caso e nada foi feito. O dano no asfalto aumentou com as chuvas e o trânsito de veículos”, observa Soares.

Durante o dia, motoristas reduzem a velocidade para desviar do obstáculo. Outro fator que colabora é o sinal de PARE (horizontal) no local, que os obriga a redobrar a atenção. No entanto, o risco é à noite, já houve acidentes devido à baixa visibilidade.

A falta de calçamento e o excesso de velocidade na Rua 14, também, contribuem para a insegurança no trecho. Mesmo com a política implantada pelo município que promete penalizar proprietários de terrenos sem calçada, a falta da infraestrutura obriga o pedestre a caminhar pela rua.

Prefeitura

A Prefeitura de Rio Claro informa que a previsão é de que o trabalho seja executado nas próximas semanas. No período de chuvas é necessário utilizar massa quente de asfalto para realizar os reparos, visto que a chuva destruiria rapidamente reparos feitos com massa fria. “A Secretaria de Obras já está providenciando materiais para a execução do serviço no local indicado e em outros pontos onde há problemas similares”, conclui em nota.

WhatsApp

O Jornal Cidade disponibiliza aos leitores o aplicativo de mensagens WhatsApp. Basta adicionar o celular da Redação – 19.9.9942.4100 para enviar sugestões, denúncias e sugestões. Todas as mensagens são respondidas e, principalmente, busca-se uma resposta das autoridades competentes para a situação apresentada pelo público, com destaque nas páginas do Jornal Cidade.

Qual sua opinião? Deixe um comentário: