Seleção Sub-16 se apresenta em Rio Claro

109

Matheus Pezzotti

O armador-ala rio-clarense Caio Pacheco está entre os convocados de Cristiano Grama / Imagem: Jato Foto
O armador-ala rio-clarense Caio Pacheco está entre os convocados de Cristiano Grama / Imagem: Jato Foto

Neste sábado (23), a Seleção Brasileira Sub-16 Masculina se apresenta em Rio Claro, no Plaza Hotel. Os 20 jogadores convocados pelo técnico Cristiano Grama vão iniciar a preparação para a disputa da Copa América, Pré-Mundial da categoria, que será disputada em Bahia Blanca, na Argentina, entre os dias 10 e 14 de junho.

A Copa América classifica os quatro primeiros colocados para o Campeonato Mundial Sub-17 de 2016. Os treinos em tempo integral serão realizados até o dia 8 de junho no ginásio de esportes Felipe Karam e no Clube de Campo Rio Claro, em parceria da prefeitura com o Clube de Campo.

No clube, os garotos irão fazer os treinos físicos na academia e utilizar a nova quadra, já com o piso flutuante que estava no Felipão. No ginásio, conforme noticiado pela reportagem do JC em fevereiro deste ano, um novo piso, nos moldes exigidos pela Liga Nacional de Basquete para a realização de partidas do NBB, já foi instalado para que a troca fosse realizada.

O embarque para a Argentina também está marcado para o dia 8 de junho, no Aeroporto Internacional de Guarulhos, em São Paulo. O Brasil está no Grupo A e estreia contra a República Dominicana no dia 10 de junho. Na sequência, os brasileiros enfrentam Porto Rico e os Estados Unidos (12). No Grupo B estão Argentina, Canadá, México e Venezuela.

Dos dias 27 a 29 de maio, o técnico da seleção brasileira, o argentino Rubén Magnano, virá a Rio Claro para acompanhar parte dos treinos. De acordo com responsáveis pela vinda do treinador, ainda está em estudo uma programação a ser feita na cidade com o treinador.

Um desses garotos da seleção é rio-clarense e está motivado para seguir entre os 12 que serão escolhidos para disputar a competição na Argentina. Caio Pacheco vem galgando se firmar como jogador profissional de basquete, procurando seguir os passos do pai, Álvaro.

O armador-ala jogou dos 9 aos 12 anos em Rio Claro, está no Nosso Clube, de Limeira, há quatro anos e conquistou seis títulos da Associação Regional de Basquete (ARB), sendo dois pelo time rio-clarense e quatro por Limeira, foi três vezes vice do Sul-Americano e duas vezes vice do Estado, também pela equipe limeirense.

“Estou muito feliz. É um sentimento de recompensa por tudo que eu fiz e treinei até hoje e, agora, é continuar treinando para me manter na seleção”, diz.

Na Copa América, durante a primeira fase, as equipes se enfrentam dentro dos seus respectivos grupos e as duas melhores seleções de cada chave se classificam para as semifinais, no sistema de cruzamento olímpico, e os vencedores disputam a final em 14 de junho, enquanto os perdedores decidem o bronze.

Qual sua opinião? Deixe um comentário: