Foto: Marcello Casal Jr./Agência Brasil

Folhapress/ Joana Cunha

Estudo da SulAmérica sobre a percepção dos brasileiros em relação ao conceito de saúde integral, que reúne saúde física, mental e financeira, conclui que a saúde financeira ainda é a maior preocupação.

Cerca de 47% indicam as finanças pessoais como a grande tensão do momento, ante 44% no monitoramento realizado no ano passado.

Na comparação com o levantamento de 2021, a preocupação com a questão financeira cresceu mais entre os baby boomers e a geração Z.

Mais de 60% dos entrevistados responderam que estão pensando mais ao gastar dinheiro e já promoveram alguma redução nos gastos de casa.

Saúde física e emocional ficaram com 27% e 26% respectivamente.

A sua assinatura é fundamental para continuarmos a oferecer informação de qualidade e credibilidade. Apoie o jornalismo do Jornal Cidade. Clique aqui.