CRÉDITO: RENATO PIZZUTTO/AG. PAULISTÃO

Com o resultado, o time se aproximou da classificação às quartas de final do Paulistão Sicredi

FEDERAÇÃO PAULISTA DE FUTEBOL

Com um gol relâmpago do argentino Calleri antes do primeiro minuto de jogo, o São Paulo venceu o Corinthians por 1 a 0, neste sábado (5) à tarde, no estádio do Morumbi, e se aproximou da classificação às quartas de final do Paulistão Sicredi.

Diante de quase 40 mil torcedores, o São Paulo teve uma aplicação tática durante toda a partida e, mesmo sem a posse de bola, pouco foi pressionado.

A equipe soma agora 17 pontos, na liderança do Grupo B. O Corinthians está em situação idêntica, no Grupo A.

O clássico foi agitado antes mesmo da bola rolar. Uma forte chuva de granizo atrasou o início da partida em 10 minutos e houve queda de energia no Morumbi.

Quando o jogo começou, Calleri marcou. Com menos de um minuto de jogo, o argentino aproveitou jogada pela direita, dominou dentro da área e bateu com força, rasteiro, para superar Cássio.

A partir daí, o Corinthians teve a posse de bola – encerrou o primeiro tempo com 66% a 34% -, mas foi pouco efetivo no ataque.

Paulinho quase empatou ao acertar a trave, nas únicas duas finalizações corretas da primeira etapa.

Mais efetivo, o São Paulo também teve sete chances de gol nos 45 minutos iniciais, mas acertou o gol de Cássio em cinco oportunidades.

As melhores chances, novamente, foram com Calleri.Os 45 minutos finais foram muito parecidos.

O Corinthians seguiu com posse de bola e o estreante técnico português tentou aumentar o poder ofensivo com as entradas de Jô e Gustavo Mosquito.

Com aplicação tática em campo, o São Paulo seguiu eficiente na marcação.

O São Paulo terá outro clássico pela frente. Na quinta-feira (10), novamente no Morumbi, recebe o Palmeiras, a partir das 20h30, em jogo adiado da quarta rodada.

No fim de semana, pela penúltima rodada, jogará fora de casa contra o Mirassol.

O Corinthians recebe a Ponte Preta, no sábado (12), às 18h30.

A sua assinatura é fundamental para continuarmos a oferecer informação de qualidade e credibilidade. Apoie o jornalismo do Jornal Cidade. Clique aqui.

Mais em Esportes:

Zé Boquinha, um ídolo rio-clarense