Ruas e avenidas sem identificação sempre dificultaram a localização de quem transita pelos diversos bairros da cidade

Divulgação

Ruas e avenidas sem identificação sempre dificultaram a localização de quem transita pelos diversos bairros da cidade
Ruas e avenidas sem identificação sempre dificultaram a localização de quem transita pelos diversos bairros da cidade

A prefeitura de Rio Claro está ampliando a identificação de ruas e avenidas do município. Nesta semana foi iniciada a colocação de 4.700 placas com nomes de ruas e avenidas que nunca foram identificadas .

“É um problema antigo, muitos bairros tradicionais têm longos trechos não identificados”, comenta o prefeito Du Altimari, lembrando que são vários os pedidos da comunidade para melhorar a identificação de logradouros.

Para que o serviço pudesse ser realizado, a Secretaria Municipal de Planejamento, Desenvolvimento e Meio Ambiente fez amplo levantamento em todo o município para determinar o déficit de placas.

As placas, feitas em cerâmica, identificam o logradouro e o bairro, e exibem detalhe com desenho estilizado de orquídea, flor que é uma das referências culturais do município. É o mesmo modelo de placas em cerâmica que já identificam as vias em vários bairros da cidade.

O trabalho começou no bairro Alto de Santana na segunda-feira (8) e a previsão é de que a colocação das placas seja concluída em aproximadamente um ano. “Nossa expectativa é de instalar 400 placas por mês”, explica o secretário municipal de Obras, Rodrigo Mussio. Entre a confecção e colocação das 4.700 placas de identificação, o município está investindo R$ 123.610,00.

A sua assinatura é fundamental para continuarmos a oferecer informação de qualidade e credibilidade. Apoie o jornalismo do Jornal Cidade. Clique aqui.

Mais em Dia a Dia:

Pharoah Sanders, saxofonista e lenda do jazz, morre aos 81 anos

Cresce número de crianças registradas por mães solo

JC nas Eleições debate dificuldade para Rio Claro eleger deputados