Wagner Gonçalves

 

A Rua 5, em Rio Claro, reúne prédios históricos e espaços de utilidade pública. O Grupo JC, através do JORNAL REGIONAL traz um especial sobre as belezas, histórias e serviços presentes nesta rua. Confira!

 

Encontros de fé e amor na Igreja Presbiteriana

igreja presbiteriana

Desde abril de 2013, o templo da Primeira Igreja Presbiteriana de Rio Claro está com as instalações reformadas e os fiéis podem acompanhar os cultos em ambiente restaurado, no entanto, com a arquitetura original preservada.

Para o pastor, José Geraldo de Souza, a importância de se seguir uma doutrina religiosa se volta, principalmente, a manter a fé. “É preciso saber que a vida não se limita apenas a esse mundo”, destaca o pastor sobre a crença na vida que há de vir, na morada eterna.

Ele ressalta que, a vida terrena é boa, sendo importante viver bem, mas é preciso ter como meta o Céu. Souza complementa: “é bom saber que temos uma família, trabalho e nossas conquistas, mas é em Deus que encontramos a felicidade verdadeira”.

A primeira Igreja Presbiteriana de RC tem cultos programados para os domingos, às 9h, no culto matutino, com Escola Bíblica Dominical logo após, às 10h, e o culto vespertino a partir das 19h. Há também outras atividades em diversos horários durante a semana. O endereço da sede é na Rua 5, nº 1445 – Centro.

Espiritualidade como base para práticas sociais

centro espírita fé e caridade

Datado dentre os mais antigos da história, o Centro Espírita Fé e Caridade foi fundado em 1907 no município de Rio Claro e desde então vem levando mensagens de amor às pessoas, por meio das atividades sociais que desenvolve.

No local, há ainda um acervo com títulos espíritas. Paulo Gomes Lima, responsável pela biblioteca, comenta sobre as atividades fixas, como os grupos de estudos, palestras e passes durante a semana, além das atividades aos domingos. “As crianças participam do grupo de evangelização e os jovens das reuniões da mocidade”, comenta.

Semanalmente, a instituição promove o já tradicional Bazar, com o intuito de atender às famílias assistidas e gestantes. De acordo com os responsáveis por tal iniciativa, por mês, são doadas 26 cestas básicas aos que necessitam de apoio, além das roupas e calçados oferecidos por meio do brechó.

O bazar voltou com suas atividades no mês de janeiro e atende às segundas e quartas-feiras, das 14h às 17h, no local anexo ao Centro Espírita, que se localiza à Rua 5, 709 – Centro.

Preservação histórica por artigos de museu escolar

museu koelle

Fundado em dezembro de 1883, o Colégio Koelle foi iniciativa dada pelo professor Theodor Koelle, natural da Alemanha. O objetivo inicial seria atender os filhos de imigrantes que, naquela época, se instalaram em Rio Claro.

Não demorou muito para que a unidade se destacasse na rede de ensino e no município até se tornar uma das referências em Educação, não apenas regional, mas em âmbito estadual.

Algumas das instalações foram modernizadas e reformadas, mas uma parte foi preservada e tornou-se o museu Theodor Koelle, em homenagem ao fundador, para mostrar aos alunos os primórdios da escola. No local, existem móveis antigos, como carteiras, fotos da escola, livros no idioma germânico.

“O museu é uma forma de manter viva a memória histórica do colégio, mostrando às crianças da nova geração os detalhes de como era o início, os desafios”, disse o neto do fundador, Theodoro Paulo Koelle. O Colégio Koelle se localiza à Rua 5, nº 1827, no Centro de Rio Claro e o museu está localizado no prédio anexo à escola.

Escola centenária guarda ricas histórias da cidade

marcello schmidt

Dentre as tradicionais unidades de ensino de Rio Claro, a Escola Municipal Marcello Schmidt, guarda importantes fragmentos e personalidades históricas.

Foi no ano de 1892 que a casa foi cedida em testamento à neta do Visconde de Rio Claro, Clementina Eugênia de Oliveira, casada com Marcello Schmidt. Já entre 1898 e 1903 o espaço teria sido doado para que, no local passasse a funcionar um grupo escolar. Em 1911, houve a instalação da escola que, em 1929, recebeu o nome de Marcello Schmidt como patrono, após sua morte.

Atualmente, atende alunos do Ensino Fundamental I e Ensino para Jovens e Adultos (EJA). Para este ano, a volta às aulas aconteceu no início de fevereiro, nos dias 4 e 5, conforme a secretaria.

Quem foi Marcello? Marcello Nery Schmidt foi personagem de renome para o município, seja na área política como engenharia. Na política teve destaque como vereador por mais de 11 anos e Presidente da Câmara Municipal de Rio Claro de 1892 a 1895. Também representou Rio Claro como deputado estadual.

OAB oferece atendimento gratuito aos munícipes

OAB Rio Claro

Fundada em 21 de março de 1932, a 4ª Subseção Paulista da Ordem dos Advogados do Brasil foi resultado das reivindicações dos profissionais da categoria.

A princípio, a OAB – Rio Claro atendia em um imóvel na Avenida 3, mas foi em 1987 ao adquirir o imóvel, na Rua 5, que houve os primeiros passos para o crescimento. Mais tarde, com então 300 profissionais inscritos foi motivada a construção de um novo prédio, em 1998, no qual até hoje atende advogados e cidadãos. Nessa mesma data, com a presença do então presidente da seccional São Paulo, Rubens Aprobato Machado foi fundada oficialmente a primeira escola superior de advocacia (ESA), do interior paulista.

Atualmente, com 26 comissões em assuntos diversos e com cerca de 1.000 inscritos, a OAB oferece serviços aos associados e familiares, além de cursos de pós por meio da ESA. Além disso, promove palestras, bem como, atendimento gratuito a famílias carentes por meio de Assistência Judiciária, dentre outros serviços. A sede da OAB fica na Avenida 7, com a Rua 5, nº 466 – Centro.

Cartório divulga nomes mais escolhidos em RC

cartório de registros

De acordo com levantamento feito pelo Cartório de Registro Civil de Rio Claro, referente ao ano de 2014, o número de nascidos quase chegou a marca de 2,5 mil.

Precisamente, o cartório registrou 2.493 nascimentos. Dentre os nomes mais escolhidos pelos munícipes para os filhos, os mais escolhidos são Pedro e Maria Clara, seguidos por Arthur, Lorenzo e Valentina. Dentre os sete mais, ainda estão Izabela e Vinícius.

Em se falando do número de óbitos, no entanto, a proporção foi 36% menor que o de nascimentos, com 1593 registros. No que diz respeito ao número de uniões, no ano passado, a informação é de que houve 998 casamentos civis. Na proporção de casamentos civil e religioso, o número representa cerca de um quinto do anteriormente citado, num total de 226.

O Cartório de Registro Civil foi instalado em 04 de novembro de 1875 e conta, hoje, com 16 funcionários e tem média de 90 atendimentos diários. O local de funcionamento fica na Rua 5, nº 540. Para mais informações, ligue para (19) 3524-5020.