Seu Antonio em passagem por RC. Ele sai da Cidade Azul ao meio-dia desta quinta e está hospedado num hotel na Estação

Lucas Calore

Seu Antonio em passagem por RC. Ele sai da Cidade Azul ao meio-dia desta quinta e está hospedado num hotel na Estação
Seu Antonio em passagem por RC. Ele sai da Cidade Azul ao meio-dia desta quinta e está hospedado num hotel na Estação

Carregando sua mochila com algumas peças de roupa e uma pasta cheia de recortes de jornais, o seu Antonio Pereira, de 70 anos, visitou o JC nessa quarta-feira (13). Ele havia acabado de chegar de Araras, uma das cidades por que passou após sair da Basílica de Nossa Senhora Aparecida, em Aparecida.

A peregrinação de fé do homem acontece há 24 anos. Ele sai todos os anos de Porto Velho, em Rondônia, em direção ao santuário para agradecer à padroeira do Brasil. Essa última viagem começou dia 10 de janeiro de 2015 e chegou à Basílica dia 15 de março deste ano.

Publicidade

“Fé, coragem e chuva”

Seu Antonio percorre o país a pé com “fé, coragem e chuva”. Ele, que já teve um câncer, ficou cego após um acidente. O devoto acredita que a graça da cura foi alcançada com a bênção e aparição de Nossa Senhora Aparecida durante uma internação num hospital nos anos 1990.

Na sexta-feira (15), a família de Antonio chega a Piracicaba para buscá-lo de volta para seu lar mais uma vez. Antes, ele passa por Limeira. Ao JC, ele contabiliza os feitos durante as viagens de mais de duas décadas. Já assistiu a cerca de 2.539 missas, conheceu 617 padres e 10 bispos.

Mais em Dia a Dia:

Com mais duas mortes, Rio Claro chega a 130 óbitos por coronavírus

Rio Claro está há 27 dias sem registrar chuvas

Rio Claro tem 1.154 casos de dengue