Rio Claro terá simulado de acidente e resgate na rede elétrica

234

Instituições públicas e concessionárias de energia elétrica que atendem o estado de São Paulo unirão forças para alertar a sociedade sobre a importância da prevenção para evitar a ocorrência de choques elétricos. No “Dia D da Segurança com Eletricidade”, nesta quarta-feira, dia 27, serão realizadas uma série de atividades em várias partes do estado para chamar atenção sobre os riscos e dar orientações de como prevenir os acidentes.

Em Rio Claro, por exemplo, será realizado um simulado de acidente com vítima na rede elétrica com a participação de equipes da Elektro, da Prefeitura, do Samu, da Defesa Civil, do Corpo de Bombeiros e do CEREST. O simulado será às 8h, no Distrito Industrial,  na Avenida Brasil próximo ao n° 1773. Após o simulado, serão entregues folhetos com orientações de segurança.

Participam da iniciativa o Ministério Público do Trabalho, os Centros de Referência em Saúde do Trabalhador (CERESTs), a Associação Brasileira de Conscientização para os Perigos da Eletricidade (ABRACOPEL), as distribuidoras de energia do estado de São Paulo, sindicatos e outras entidades da sociedade civil.

A mobilização tem como objetivo reduzir os números de acidentes com choques elétricos, seja em casa, seja trabalhando em uma obra, seja tocando em um fio na rua. São muitas as possibilidades de acidentes e poucas as chances para as vítimas.

“As causas destas mortes muitas vezes ocorrem por ausência de conhecimento dos perigos com a rede elétrica. Buscamos mudar essa cultura para que todos tenham  capacidade de criar barreiras de segurança”, afirma Guilherme Mafra, gerente de segurança da Elektro.

DIA D DA SEGURANÇA COM ELETRICIDADE

O dia 27 de novembro será um dia de mobilização em todo o estado de São Paulo, quando as várias entidades e empresas participantes farão diferentes ações sempre com o mesmo foco: o alerta para a segurança com a eletricidade. O objetivo é causar um movimento em toda a sociedade e que sirva de alerta, principalmente,  para as autoridades sobre a importância de se falar sobre este tema. Serão visitadas escolas, estações de metrô, rodoviárias, empresas, obras e locais com grande fluxo de pessoas, com o objetivo de conscientizar por meio de palestras, encontros, panfletagem e outros meios.

HASTAG PRETENDE MOBILIZAR AS REDES SOCIAIS

As entidades, organizações e empresas agrupadas em torno do DIA D, utilizarão a hastag: #ChoqueNão para finalizar todas as publicações que serão veiculadas no dia 27 de novembro: posts em redes sociais, matérias em blogs, revistas virtuais, sites e portais, material gráfico de divulgação etc. tudo terá como elo  #ChoqueNão.

Qual sua opinião? Deixe um comentário: