Rio Claro Basquete encara o Brasília no último jogo do ano pelo NBB 8

106

Matheus Pezzotti

Nesta terça-feira (22), o Rio Claro Basquete faz seu último jogo do ano. Pela 14ª rodada, o time comandado pelo técnico Dedé Barbosa recebe, às 20h, o UniCEUB/Cartão BRB/Brasília.

Depois de vencer Pinheiros, fora de casa, na prorrogação (90 a 96), RC perdeu, no Felipão, para o Minas Tênis Clube (67 a 77), mas segue na zona de classificação, na 12ª colocação, com quatro vitórias e nove derrotas.

Com mais este resultado negativo, Dedé Barbosa preferiu não falar com a imprensa após o jogo e manteve o silêncio no treino da última segunda-feira (21), em sinal de uma provável frustração pela campanha do time. Mas, para o ala/pivô Teichmann, uma vitória ao menos encerra o ano de maneira positiva, mas para isso todos os jogadores precisam demonstrar essa vontade.

“O último jogo nos deixou com um gosto amargo na garganta, vindo de uma vitória fora, contra uma grande equipe, mas em casa não tivemos uma atuação tão boa e precisamos voltar a jogar de uma forma correta para terminar o ano de uma maneira mais positiva. É muito difícil de entender [a campanha]. É uma situação em que a gente mostra uma qualidade e competitividade em um dia e no outro não. E isso é uma questão difícil e muito pessoal. Cada jogador tem que ir para casa, pensar, colocar a cabeça no lugar e vir para cá e jogar da forma que tem que jogar, como é capaz de jogar. Que faça o jogo da maneira que a gente sabe que pode fazer. Com sua parte bem feita para o coletivo andar melhor”, diz.

Time rio-clarense venceu apenas quatro jogos de 13 disputados e não consegue engrenar nesta edição do nacional
Time rio-clarense venceu apenas quatro jogos de 13 disputados e não consegue engrenar nesta edição do nacional

Ainda na última rodada, os demais resultados foram: Paulistano 80 x 77 Bauru; Vitória 74 x 65 Caxias do Sul; Flamengo 94 x 77 São José; Liga Sorocabana (WO) 0 x 20 Franca; Basquete Cearense 68 x 63 Pinheiros e Macaé 70 x 82 Mogi das Cruzes.

O Brasília folgou nesta rodada e, em seu último jogo, foi derrotado, em casa, pelo Flamengo, por 94 a 85. O técnico José Carlos Vidal terá força máxima, com destaque para os alas-pivôs Guilherme Giovannoni, Pilar e Lucas Cipolini, os pivôs Coimbra e Ronald e os armadores Deryk Ramos, Jefferson Campos e Fúlvio.

“É um time muito completo. Na minha posição, tem quatro pivôs de muita qualidade e intensidade. É uma equipe muito competitiva, vai ser um grande teste para a gente e, vindo de uma derrota ruim, é um teste para botar na balança do que a gente tem capacidade de fazer”, completa Teichmann.

O atual campeão da Liga Sul-Americana, que em sua história conquistou a competição em três oportunidades, está em sexto lugar, com quatro vitórias e quatro derrotas e, para Giovannoni, o objetivo é o mesmo que o do Rio Claro: vencer para fechar bem o ano.

“Jogo difícil e importante para a nossa equipe, pois queremos fechar o ano com vitória e com um saldo positivo na tabela de classificação. A equipe deles tem um grande potencial entre os jogadores do perímetro e pivôs que jogam muito intensamente, por isso temos que atuar de forma agressiva para ter chance de conquistar o resultado positivo”, comenta.

A partida terá transmissão da Rádio Excelsior Jovem pan News, 1410 kHz.

PROMOÇÃO

Para este jogo, a diretoria do Rio Claro Basquete faz promoção no valor do ingresso. Levando um quilo de alimento, o torcedor pagará apenas R$ 5,00. As doações serão entregues para o Fundo Social de Solidariedade de Rio Claro.

Vale lembrar que, com base na Lei Municipal de 1973, crianças até 12 anos acompanhadas de responsável e com RG não pagam.

Qual sua opinião? Deixe um comentário: