Reforma Luterana é tema de exposição no Casarão

194

Divulgação 

A história da Reforma Luterana pode ser conferida em exposição que segue até o dia 28 de julho no Casarão da Cultura. A mostra é realizada pela Paróquia Evangélica de Confissão Luterana de Rio Claro em comemoração aos 500 anos da Reforma Protestante. A exposição é composta por banners que contam um pouco dos fatos ocorridos e procuram mostrar as enormes conseqüências da reforma no mundo civil da época e ao longo da história. A atividade conta com apoio da prefeitura, por meio da Secretaria Municipal da Cultura.

A exposição pode ser conferida de segunda a sexta-feira, das 8 às 12 horas e das 13h30 às 17 horas, até o dia 28 de julho. Na próxima terça-feira (18) será realizada a cerimônia oficial de abertura da exposição, a partir das 20 horas. A comunidade está convidada a participar da solenidade e também a prestigiar a exposição. O Casarão da Cultura fica na Avenida 3, esquina com a Rua 7, no Centro de Rio Claro.

A Reforma Protestante completará 500 anos no dia 31 de outubro. Em outubro de 1517, Martinho Lutero afixou na porta da igreja do castelo de Wittemberg, na Alemanha, um pergaminho com 95 teses sobre questões teológicas nas quais criticava determinadas práticas abusivas promovidas pela ou em nome da Igreja. Lutero questionava, principalmente, o comércio de indulgências por membros do clero. O impacto das teses causou uma revolução religiosa que começou na Alemanha e se estendeu para outros países. A teologia de Lutero abalou as estruturas do catolicismo, originou o protestantismo e contribuiu para o nascimento de outras religiões.

 

Qual sua opinião? Deixe um comentário: