RC: reforma para o Instituto Federal começa semana que vem

55

Divulgação

Prefeito no momento em que o município recebeu a confirmação da unidade (Foto: Arquivo)
Prefeito no momento em que o município recebeu a confirmação da unidade (Foto: Arquivo)

A primeira etapa da reforma do prédio onde ficará a unidade rio-clarense do Instituto Federal de Educação (IFSP) começa na semana que vem. A informação foi confirmada ao prefeito Du Altimari nessa terça-feira (27) e a perspectiva é de que, se não houver imprevistos, os trabalhos sejam iniciados na segunda-feira, dia 2.

>>> Queda de galhos em imóvel sem uso deixa vizinhança preocupada; além do abandono do antigo prédio, quedas de galhos inquietam vizinhos

“O setor educacional de Rio Claro está ganhando um investimento de peso e um importante prédio da cidade começa a ser revitalizado”, comenta Altimari, destacando ainda os ganhos para a área da construção civil do município com a obra, que representa investimento de aproximadamente R$ 700 mil somente nesta primeira etapa.

De acordo com o diretor do IFSP em Rio Claro, Rivelli da Silva Pinto, a reunião da entidade com a construtora vencedora da licitação aconteceu na sexta-feira, na sede do Instituto Federal em São Paulo. “Um dos itens do contrato estabelece que a construtora mantenha vigilância na ala do prédio pelo qual terá início a reforma”, comenta.

O trabalho começará pelo bloco da Rua 11 com Avenida 32. O amplo espaço ganhará completa reestruturação para abrigar setores administrativos, salas de aula e laboratórios. Essa parte do prédio estava sendo utilizada pela Fundação Municipal de Saúde, que no local mantinha o Centro de Especialidades e Apoio Diagnóstico (Cead), atualmente atendendo na Avenida 24 entre ruas 8 e 9, no bairro Santa Cruz.

Salas serão ampliadas e reformadas para serem utilizadas na parte administrativa e de coordenação, além de serem instalados laboratórios de química. A obra inclui troca de revestimento, de portas, reforma das partes elétrica e hidráulica e adequação dos banheiros. Também serão feitas as adaptações no setor da acessibilidade.

Segundo Rivelli Pinto, paralelamente à primeira parte da obra, o Instituto Federal de Educação está preparando as etapas posteriores da reforma, com mais investimentos. Neste momento está em fase de elaboração o projeto de adequação do hexágono da antiga Unesp Santana, que também será ocupado pelo IFSP.

Qual sua opinião? Deixe um comentário: