Rio Claro tem, até o momento, 38,84% de cobertura vacinal contra a gripe. Isso significa que a maioria das pessoas que pertencem aos grupos prioritários está em falta com a vacinação. Entre os vacinados, estão 17.951 idosos, o que representa 50,45% das pessoas com 60 anos ou mais.

“As pessoas precisam estar conscientes da importância da vacinação e tomar a dose contra a gripe, prevenindo complicações decorrentes da doença e óbitos”, destaca Giulia Puttomatti, presidente da Fundação Municipal de Saúde.

Até o momento, foram vacinados 63,60% dos profissionais de saúde; 22,73% das gestantes; 44,56% das puérperas; e 26,14% das crianças de 6 meses a menores de 5 anos. A vacina contra a gripe também é aplicada em pessoas com comorbidade, pessoas privadas de liberdade, professores, pessoas com deficiência, profissionais do sistema prisional, forças de segurança e salvamento e profissionais do transporte coletivo. Para se vacinar, as pessoas devem apresentar comprovante de que pertencem a um destes grupos.

O atendimento é realizado de segunda a sexta-feira a partir das 7h30 nas unidades básicas de saúde e unidades de saúde da família. Nas unidades dos bairros Mãe Preta, Bonsucesso e Terra Nova, que funcionam em horário estendido, a vacinação segue até as 18h30, e nas demais unidades de saúde do município a vacinação é até as 16h30. Não há vacinação nas unidades do Boa Vista, Jardim das Flores e Benjamin de Castro, que estão em reforma.

Também nas unidades de saúde é realizada a campanha de vacinação contra o sarampo, que é direcionada às crianças de 6 meses a menores de 5 anos e aos profissionais de saúde. Todas as crianças nesta faixa etária devem ser levadas ao posto para tomar a vacina. No caso dos profissionais de saúde, aqueles que tomaram apenas uma dose devem tomar a segunda. Nesta campanha contra o sarampo, o município vacinou 2.770 crianças e 100 profissionais de saúde.

Vacinação Covid

A vacina contra a Covid é aplicada nas unidades básicas de saúde do Wenzel, Vila Cristina, Cervezão e Avenida 29. O atendimento nas quatro unidades é realizado das 7h30 às 16h30.

Nos quatro locais são aplicadas primeiras, segundas doses e doses de reforço (terceira e quarta doses) contra a Covid. As primeiras doses são para quem tem cinco anos ou mais. Para a segunda dose, é necessário observar a data de retorno, marcada a lápis no cartão de vacinação. Já a terceira dose é aplicada nos maiores de 18 anos quatro meses após a segunda dose. A quarta dose é para pessoas com 60 anos ou mais que tomaram a terceira dose há no mínimo quatro meses.

A sua assinatura é fundamental para continuarmos a oferecer informação de qualidade e credibilidade. Apoie o jornalismo do Jornal Cidade. Clique aqui.

Mais em Dia a Dia:

Pílula lançada no Reino Unido promete evitar ressaca

Vila Nova recebe serviços de tapa-buracos

Prefeitura faz limpeza e corte de mato na Av. Ulysses