Antecipada em 23 dias, teve início ontem, segunda-feira, a Campanha Nacional de Vacinação contra a Gripe. Neste primeiro momento, os públicos prioritários são pessoas acima de 60 anos e trabalhadores da saúde. Serão três etapas em datas e para públicos diferentes. Ao todo, cerca de 67 milhões de pessoas devem ser vacinadas.

Em Rio Claro o movimento nos locais de imunização foi intenso desde a abertura. O casal Paulo e Sirlei Gomes, 68 e 64 anos, acordou cedo para cumprir o compromisso: “Estávamos de quarentena e só saímos mesmo por conta dessa situação e tomando o máximo de cuidado possível. Nos preocupamos todo ano em tomar a vacina e agora muito mais”, disse o aposentado.

A dose contra influenza não tem eficácia contra o coronavírus, porém, neste momento, irá auxiliar os profissionais de saúde na exclusão do diagnóstico para coronavírus, já que os sintomas são parecidos. E, ainda, ajuda a reduzir a procura por serviços de saúde.

Algumas informações falsas passaram a circular na internet sobre uma seleção da vacina por ordem alfabética. Em contato, a Vigilância Epidemiológica de Rio Claro informou que o fato não procede. Na oportunidade foi reforçado que a aplicação da dose em domicílio é feita somente para as pessoas que não podem se locomover. A Vigilância Epidemiológica realizará a vacinação nos acamados da área central mediante agendamento. Nos demais bairros, o agendamento deve ser feito diretamente nas unidades de saúde de referência. A vacina está sendo aplicada em todas as unidades (UBS e USF), exceto UBS Vila Cristina, USF Brasília e USF Santa Elisa.

ATENÇÃO

As doses de vacinas enviadas para Rio Claro pela Diretoria Regional de Saúde de Piracicaba se esgotaram em algumas Unidades de Saúde. Na próxima quinta (26) uma nova remessa será entregue. A orientação é para que a população entre em contato com a UBS antes de ir para verificar a disponibilidade.

A sua assinatura é fundamental para continuarmos a oferecer informação de qualidade e credibilidade. Apoie o jornalismo do Jornal Cidade. Clique aqui.

Mais em Dia a Dia:

RC: preços de combustível já são menores nos postos

Vidas dedicadas a salvar vidas