Prefeito de Ipeúna quer continuar investindo em saúde

114

Wagner Gonçalves

Segundo o prefeito Ildebran Prata foram priorizadas a Saúde e a Educação
Segundo o prefeito Ildebran Prata foram priorizadas a Saúde e a Educação

O prefeito Ildebran Prata avalia o segundo ano do seu sexto mandato à frente da Prefeitura de Ipeúna, destacando projetos, obras e aquisições importantes, além da previsão de investimentos futuros.

Apesar da queda na arrecadação, o período foi positivo a começar pela Saúde, em que houve investimento de 37% do orçamento público. Dentre as conquistas, pode ser mencionada a entrega da Clínica de Fisioterapia, com piscina de hidroterapia, além do Posto de Coleta e da Farmácia. Tais ações são destinadas a melhorar o atendimento à população, conforme destaca Ildebran, mencionando a reforma do Posto de Saúde da Família (PSF).

No que compete à melhoria da qualidade de vida, o prefeito destaca que, por ser o saneamento básico um dos principais indicadores, as obras para o novo Sistema de Tratamento de Esgoto foram retomadas e devem ser concluídas em abril de 2015. “Isso significa mais saúde, mais qualidade de vida e de preservação do meio ambiente”, ressalta.

No campo da Educação, o prefeito evidencia a conclusão das obras da EMEI Maria Luisa Zanoni Prata que, desta forma, amplia o número de vagas para 2015. “Na educação infantil, modalidade creche, haverá redução da idade mínima para matrícula de 12 para nove meses”, comenta o prefeito citando, ainda, as melhorias na Escola Municipal de Tempo Integral (EMTI).

Neste ano, o município se empenhou para estimular o desenvolvimento industrial e, dentre as ações, promoveu a doação de áreas no Distrito Industrial III a algumas empresas. De acordo com o prefeito, a iniciativa se reverterá na abertura de mais de 250 postos de trabalho, como parte do plano de incentivo à expansão.

“A expectativa é dar continuidade a esse trabalho, priorizando a Saúde e a Educação, além de investir no desenvolvimento econômico do município, batalhando para melhorar a qualidade de vida da população ipeunense”, diz.

Qual sua opinião? Deixe um comentário: