“Precisamos de um novo distrito industrial para Rio Claro”, avalia Ronald Penteado

213

Antonio Archangelo/Coluna PolítiKa

A expectativa é que Ronaldo Penteado (ao centro) assuma a presidência do Partido Progressista em Rio Claro
A expectativa é que Ronaldo Penteado (ao centro) assuma a presidência do Partido Progressista em Rio Claro

Dando sequência às entrevistas com possíveis candidatos a prefeito no próximo ano, a Coluna conversou com o presidente do Partido Progressista, de Rio Claro, o empresário Ronald Penteado.

Penteado recebe “com naturalidade” a possível indicação de seu nome ao pleito. “Estou preparado e entendo que é uma questão interna do partido e depende de conversa com outras siglas”, comentou.

>>> “Candidato tem que dar um indicativo claro de que fará um governo de ruptura”, diz João Walter

Questionado sobre quais medidas que devem ser tomadas para que o município avance nos próximos anos, Ronald frisou que “a primeira coisa é trazer novas indústrias para Rio Claro”.

“Não podemos perder indústrias para cidades menores, como no caso das montadores de veículos que se instalaram em cidades da região. Precisamos construir um novo Distrito Industrial”, argumentou o empresário.

>>> “Vou continuar trabalhando e agradeço pelo apoio”, diz Juninho da Padaria

“Quero falar uma segunda coisa, que é a gestão financeira, uma boa gestão financeira. Estamos, infelizmente, em um momento difícil e, se não adotarmos uma boa gestão financeira, a situação pode se complicar”, mencionou ao comentar a necessidade da prefeitura aprimorar a área de gestão.

Em 2012, o empresário recebeu, através de propositura aprovada pela Câmara Municipal e proposta pelo vereador Julinho Lopes (PP), o título de Cidadão Emérito.

>>> Precisamos romper com a polarização política que vivemos há décadas, diz Valdanha

Ronald Teixeira Penteado é casado com Daniele Dalonso Penteado. Filho de Arlindo Teixeira Penteado e Cleri Aparecida Proni Penteado (in memoriam). Tem dois irmãos – Ricardo e Renata. No ensino, iniciou a sua caminhada no Colégio Koelle, onde cursou da 1ª à 8ª série.

Na sequência, com o pensamento voltado para o ensino técnico, já vislumbrando o início de uma carreira profissional, Ronald Penteado fez o curso de Processamento da Dados na escola Chanceler Raul Fernandes no período noturno. Na mesma época, fez o curso de torneiro mecânico ajustador na escola Senai. Entre outros.

>>> “Candidatura não se viabiliza por vontade individual de quem quer que seja”, diz Agnelo

Qual sua opinião? Deixe um comentário: