O Comando de Policiamento do Interior Nove (CPI-9) se manifestou na manhã desta terça-feira (26) sobre a morte do soldado Paulo Henrique Varuzza Lais ocorrida na cidade de Araras onde ele foi baleado e morto por um outro policial militar.

Confira a nota enviada à imprensa na íntegra:

“A Polícia Militar lamenta profundamente o fato ocorrido na noite desta segunda-feira (25), em Araras/SP, que infelizmente resultou na morte de um soldado da instituição. Os envolvidos na ocorrência estão sendo ouvidos, e as circunstâncias dos fatos sendo apuradas. Todas as providências judiciárias militares foram adotadas pelo batalhão da área, e seu conteúdo sigiloso, conforme previsão do Código de Processo Penal Militar”

O caso

De acordo com o boletim de ocorrência, a vítima estava com outros policiais em uma confraternização que tinha como objetivo comemorar cinco anos de formatura de alguns PMs. Em determinado momento teria acontecido um desentendimento no interior desta área de lazer e o soldado Paulo se exaltado. O autor dos tiros, um sargento que atua na Força Tática de Araras, teria tentado acalmar os ânimos. Neste momento, o soldado Paulo teria sacado a arma que levava, o que motivou o sargento a efetuar disparos para se defender tendo atingido a vítima que caiu na calçada, perto do portão de entrada da área de confraternização.

O SAMU chegou a ser acionado mas quando chegou já encontro o soldado sem vida. Ele tinha marcas de tiros no braço, tórax e abdômen. O sepultamento da vítima está marcado para esta terça (26), às 17h no Cemitério São João Batista em Rio Claro.

Ouça no vídeo acima o boletim policial do colaborador Gilson Santullo que foi ao ar no Jornal da Manhã da Rádio Excelsior Jovem Pan News/Rio Claro.