Folhapress

O importante saxofonista Pharaoh Sanders, lenda do jazz americano, morreu neste sábado (24), em Los Angeles, nos Estados Unidos. Ele tinha 81 anos.

A notícia foi confirmada pela gravadora de Sanders, a Luaka Bop, no Twitter. No comunicado, o selo lamenta a morte do músico, deseja que ele “descanse em paz” e diz que Sanders “morreu em paz cercado por familiares e amigos queridos”.

Farrell Sanders nasceu em 1940, no Arkansas, sul dos Estados Unidos, mas o início de sua carreira musical se deu em Oakland, na Califórnia. O nome artístico, adotado por ele até o fim da vida, veio na década de 1960, em Nova York, quando colaborou com o músico, compositor e precursor do afrofuturismo, Sun Ra –quem lhe deu o vulgo Pharoah.

Também na década de 1960, Sanders se tornou membro da banda de John Coltrane, com quem tocou até 1967, ano da morte do saxofonista.

A sua assinatura é fundamental para continuarmos a oferecer informação de qualidade e credibilidade. Apoie o jornalismo do Jornal Cidade. Clique aqui.

Mais em Dia a Dia:

Aos 26 anos, jovem sai de RC e promove eventos no Canadá

Pontos de alagamento são registrados após chuva em Rio Claro