A delegada Rita Salim, titular da Delegacia de Atendimento à Mulher de Jacarepaguá (DEAM), no Rio de Janeiro, esteve na manhã desta quarta-feira, dia 23/1, nos Estúdios da Globo, e intimou o biólogo e coordenador educacional indígena, Vanderson, de 35 anos, a prestar depoimento em inquérito instaurado após denúncias feitas contra o participante.

A saída de um candidato da casa resulta na sua desclassificação do BBB19.

Vanderson não será substituído e o programa seguirá com 15 participantes.

O apresentador Tiago Leifert anunciará a decisão na edição desta noite, 23/1. Ele já comunicou o ocorrido aos jogadores no início desta tarde.

A informação foi divulgação pela Rede Globo no início da tarde.

A sua assinatura é fundamental para continuarmos a oferecer informação de qualidade e credibilidade. Apoie o jornalismo do Jornal Cidade. Clique aqui.

Mais em Notícias:

Saiba como denunciar assédio sexual sofrido no trabalho

Rio Claro vacina contra a Covid a partir das 7h30