Lucas Calore

Susto. Parte de um casarão ‘abandonado’ localizado na Rua 1 com Avenida 24 desabou sobre o imóvel vizinho na noite de quarta-feira (2). A Defesa Civil foi acionada pelos moradores da casa atingida. A parede e madeiramento danificaram dois quartos. A área teve que ser interditada.

Operários trabalharam ao longo dessa quinta-feira para cobrir a residência atingida na Rua 1
Operários trabalharam ao longo dessa quinta-feira para cobrir a residência atingida na Rua 1

Tormento

Claudio Luís, dono da residência atingida, diz que os problemas com o imóvel antigo acontecem há décadas. Além de ser utilizado como reduto de moradores de rua, ratazanas e bichos peçonhentos frequentemente aparecem no local, causando transtornos.

O senhor de 57 anos havia acabado de sair do quarto quando o acidente aconteceu. O teto dos dois quartos ficou danificado, o forro e o telhado também sofreram danos. O dono precisou contratar operários para cobrir o imóvel para que não chova dentro. Há previsão de chuva para até a próxima segunda-feira (7) na cidade.

No local Claudio atua no conserto de eletrônicos. Até mesmo seguro ele não consegue fazer para o imóvel, pois as empresas avaliam o risco que o casarão ao lado oferece e desistem. “Dá vontade de ir embora daqui. Se acontece algo pior, posso perder os equipamentos dos clientes”, alerta. Segundo ele, o dono do casarão mora em São Paulo. O comerciante ressalva que ainda há mais paredes do imóvel que podem cair sobre a sua casa.

O senhor Claudio mostra à reportagem o tamanho dos tijolos que caíram sobre sua casa
O senhor Claudio mostra à reportagem o tamanho dos tijolos que caíram sobre sua casa

Avaliação

De acordo com o coordenador da Defesa Civil de Rio Claro, dois engenheiros da Prefeitura Municipal estiveram no local na manhã de quinta-feira (3). Uma avaliação foi feita e está confirmado que a área é de risco. A calçada está com faixas de alerta para que pedestres não passem ao lado do imóvel. O proprietário do casarão será notificado sobre o ocorrido para que tome as providências, sob penalização vigente do município.

A sua assinatura é fundamental para continuarmos a oferecer informação de qualidade e credibilidade. Apoie o jornalismo do Jornal Cidade. Clique aqui.

Mais em Segurança: