PARA TODOS OS GOSTOS E BOLSOS: a variedade de produtos é grande e os preços variam conforme o modelo e peso. O volume de vendas deve aumentar nos próximos dias

O sabor é uma delícia e bem doce mas os preços ficarão salgados para o bolso do brasileiro na Páscoa 2018. Os preços dos ovos estarão, em média, 3% mais caros nesse ano. A estimativa é da Associação Brasileira da Indústria de Chocolates, Cacau, Amendoim, Balas e Derivados (Abicab), justificada pelos reajustes nos preços pela inflação oficial (IPCA), que fechou 2017 em 2,95%.

A Abicab, informou, no entanto, as empresas trabalham para que esse aumento não reflita na queda das vendas, oferecendo opções diferentes para cada bolso.

Outra área que também é influenciada pela indústria do chocolate é a de empregos temporários. A Associação afirma que foram geradas cerca de 23 mil vagas. O número é animador, porém, representa uma queda de 5,9% em relação às contratações de 2017.

Publicidade

Mais em Dia a Dia: