Os testes rápidos realizados em Rio Claro para identificar contaminação pelo novo coronavírus em profissionais de saúde tiveram oito resultados positivos. O município adotou a ampla testagem dos profissionais de saúde e segurança como estratégia de ação no combate à covid-19.

“O objetivo do exame é justamente esse, que os casos sejam diagnosticados rapidamente e os profissionais imediatamente afastados para evitar que outras pessoas sejam contaminadas”, destaca o prefeito João Teixeira Junior, acrescentando que “cuidar dos profissionais é fundamental porque são eles que cuidam da população”.

Os profissionais testados atuam na linha de frente no combate à pandemia e exercem função que os deixam expostos ao risco, apesar do uso de equipamentos de proteção individual. “Temos protocolos de uso correto de equipamentos de proteção, que são disponibilizados aos profissionais, e também de manejo de pacientes para que estes profissionais tenham mais segurança no exercício das funções”, destaca Maurício Monteiro, secretário de Saúde. Os oito profissionais foram afastados e estão em isolamento domiciliar.

Publicidade

Os testes rápidos continuam sendo feitos e irão atender também profissionais estaduais, inclusive do Ambulatório Médico de Especialidades (AME), Instituto Adolfo Lutz e policiais civis e militares.

“Apesar de serem testes rápidos, os exames estão sendo feitos pelo laboratório municipal, em condições controladas, o que aumenta a precisão dos resultados”, informa o secretário Maurício.

Na quinta-feira (21) exames foram realizados em servidores que atuam no setor administrativo da secretaria de Saúde. Antes disso o teste já havia sido feito em profissionais do pronto-socorro municipal, unidades de pronto atendimento, Caps III e Vigilâncias Sanitária e Epidemiológica. Na semana que vem os testes rápidos começam a ser feitos em profissionais que atuam no setor de segurança, incluindo policiais e guardas municipais. O município dispõe de 14 mil testes rápidos, sendo que 10 mil foram comprados pela prefeitura e o restante repassado pelo governo federal.

Mais em Dia a Dia:

Brasil acumula 141.406 mortes pelo novo coronavírus

Rio Claro registra mais 26 casos de coronavírus