O cuidado com a casa deixou de ser só questão de estética

101

Laura Tesseti

Cores, texturas e formas permitem que o ambiente seja transformado completamente
Cores, texturas e formas permitem que o ambiente seja transformado completamente

Com as tarefas do dia a dia, trabalho, estudos, filhos, compromissos pessoais, muitas pessoas acabam deixando de lado momentos de lazer e de tranquilidade, mas esse cenário vem mudando há algum tempo e a decoração e arquitetura têm contribuído grandemente nesse quesito.

A arquiteta Lilian Rocha fala sobre a busca pela paz e tranquilidade num mundo de tantos compromissos. “Que a vida está corrida e passamos boa parte dela sonhando com momentos de lazer e descanso, todos já sabemos. Essa busca por paz interior e prazer pode e deve estar presente em vários momentos do nosso dia a dia e, principalmente, quando chegamos em casa.”

Especialista em transformar ambientes, a profissional explica que a estética não é mais parte fundamental de um projeto. “O cuidado com a casa deixou de ser apenas uma questão de estética e tornou-se um meio para se desfrutar de bons momentos de descanso. É natural querer usufruir de espaços que proporcionem tranquilidade, que tenham conforto térmico e sejam visualmente agradáveis.”

Rocha aponta que a escolha de materiais e cores adequados a cada finalidade e o detalhamento minucioso de texturas e acabamentos oferecem um conjunto de boas sensações aos usuários que, muitas vezes, nem identificam o motivo de estarem se sentindo tão bem.

“A arquitetura cuida para que cada pequeno detalhe da casa ou local de trabalho seja funcional, confortável e elegante. Quando um ambiente é projetado com esses cuidados, a diferença é notável. Muito mais do que posicionar objetos ou projetar paredes, a arquitetura tem como premissa elaborar cuidadosamente cada particularidade do ambiente. O projeto pensado como um todo tem como vantagem preparar os espaços para que a satisfação e o bem-estar sejam constantes”, argumenta Lilian.

Roseli Peruzzi, designer de interiores e proprietária de uma renomada loja de decoração em Rio Claro, compartilha da mesma ideia da arquiteta e fala sobre o crescimento da procura pelos serviços desses profissionais. “Hoje as pessoas procuram um profissional com mais frequência, principalmente porque querem ambientes aconchegantes e com maior praticidade, sem abrir mão da beleza.”

O setor passou a ser visto com outros olhos pelas pessoas preocupadas com o bem-estar, mas algumas coisas permaneceram como sempre. “Além do conhecimento técnico, que é passado pelo especialista da área, os clientes buscam maior rapidez, segurança e economia na execução do projeto”, fala a empresária.

Roseli aponta uma importante conexão que existe no ramo da arquitetura e decoração. “O profissional está sempre em busca de um projeto harmonioso, não deixando de lado o conforto, a praticidade e a sofisticação de um projeto, quer ele seja simples ou um grande projeto arquitetônico.”

MUDANÇA RADICAL

Procurar um profissional é a indicação principal para quem busca renovar os ambientes, mas para muitos o que assusta e causa preocupação são orçamento e o transtorno de obras e mudanças, mas nem tudo precisa ser tão radical. Existem ambientes que ganham uma nova cara com a mudança de cores, texturas, móveis e objetos de decoração.

A designer de interiores finaliza explicando que não importa o ambiente, seja ele de trabalho ou residência, as pessoas buscam conforto, praticidade e beleza, para que possam desfrutar o máximo possível e encontrar a tranquilidade desejada.

Qual sua opinião? Deixe um comentário: