Linha férrea: núcleo RC convoca interessados

348

Com mais de um século de história, a ferrovia de Rio Claro guarda lembranças para toda a população. É praticamente difícil encontrar alguém que não tenha contato com alguma pessoa que tem relação direta com a linha férrea do município.

Pensando na preservação dessa memória, o núcleo local da Associação Brasileira de Preservação Ferroviária (ABPF) organiza e convida para uma reunião todas as pessoas interessadas em inserir-se no grupo em Rio Claro. De acordo com o advogado Dr. Irineu Carlos de Oliveira Prado, integrante do núcleo, o grupo está passando por uma fase de reestruturação, então a comunidade pode vir a fazer parte dos trabalhos. “Queremos que mais pessoas do município participem do grupo. Todos da cidade têm a ver com a ferrovia. Convidamos a quem interessar para fazer parte e traçarmos novas diretrizes”, informa.

O encontro entre os associados e os possíveis novos integrantes ocorre nesta quinta-feira (23), a partir das 19h30, na sede da UFA (União dos Ferroviários Aposentados), na Avenida 3, nº 329, Centro. Ainda na quinta-feira, no período da tarde, o núcleo de Rio Claro da ABPF se reúne com o prefeito municipal João Teixeira Junior, o Juninho da Padaria, em seu gabinete, para avaliarem como a administração local pode colaborar com os objetivos do grupo.

A Associação

A ABPF tem como finalidade estatutária a preservação, conservação da coleção, exibição, operação e guarda de material ferroviário. Ainda, também valorizar o transporte ferroviário como elemento extremamente associado ao desenvolvimento de um país como o Brasil, de dimensões continentais.

Abaixo-assinado

Vale lembrar que na reunião também será abordado o assunto referente ao abaixo-assinado com mais de 20 mil assinaturas entregue ao Governo de São Paulo solicitando a extensão do Trem Metropolitano até Limeira e Rio Claro.

1 COMENTÁRIO

  1. As ferrovias precisam ser reativadas e uma vergonha um país que desativou praticamente todas sua ferrovias vc hoje não consegue ligar uma cidade do interior ou litoral com ferrovias

Qual sua opinião? Deixe um comentário: