A Neoenergia Elektro iniciou as inscrições de propostas na chamada pública para selecionar projetos de eficiência energética em São Paulo e no Mato Grosso do Sul. Os recursos disponibilizados pela concessionária somam R$ 23 milhões. As propostas podem ser enviadas até o dia 2 de janeiro de 2023 pelo portal da Chamada, acessível através do site da empresa (www.neoenergiaelektro.com.br), onde também foram disponibilizados os editais. As propostas com tipologia Iluminação Pública devem ser submetidas até 17 de outubro.

Para fomentar iniciativas sustentáveis, a distribuidora irá aceitar os projetos que promovam a eficiência energética e o combate ao desperdício de energia elétrica. As iniciativas selecionadas deverão ser executadas ao longo de 2023.

“Com a chamada pública, o processo de escolha dos projetos que fazem parte do Programa de Eficiência Energética é mais transparente e democrático, visando uma maior participação da sociedade. O objetivo é de estimular o uso mais eficiente de energia, com práticas sustentáveis”, afirma a gerente de Eficiência Energética da Neoenergia, Ana Christina Mascarenhas.

Podem se inscrever consumidores que estejam em dia com as distribuidoras e façam parte dos segmentos residenciais (condomínios), industriais, comércio e serviços, poder público, iluminação pública e serviços públicos, de acordo com o edital. As regras cumprem as determinações do Programa de Eficiência Energética​ (PEE), regulado pela Agência Nacional de Energia Elétrica (Aneel).

Cada projeto deve ter um aporte mínimo de R$ 200 mil. Foram diponibilizados R$ 10 milhões para o segmento industrial. Para o poder público, foram disponibilizados R$ 4 milhões. Além disso, R$ 1 milhão foi destinado a serviços públicos, R$ 2 milhões ao comércio e serviços, R$ 1 milhão ao segmento residencial (condomínios) e R$ 5 milhões para iluminação pública.

A sua assinatura é fundamental para continuarmos a oferecer informação de qualidade e credibilidade. Apoie o jornalismo do Jornal Cidade. Clique aqui.

Mais em Dia a Dia: