Musicista estreia Força Mulher no sábado

182

A musicista Tassia Guarnieri mescla duas paixões em um show que estreia neste sábado (18) em Rio Claro, intitulado Força Mulher.

Ao piano, seu instrumento de estudo e devoção, ela incorpora elementos cênicos que vêm do teatro, sob direção do amigo e colaborador Marcos Calegari.

“Desde que voltei a estudar piano, em 2014, depois de uma longa e intensa imersão no teatro, tinha vontade de criar meu solo que envolvesse ambos”, explica ela.

Para o repertório, Tassia escolheu canções que foram (re)definidas pelas vozes femininas que as cantaram. O nome do show não é, portanto, à toa: “Seja a força na forma de impostar a voz, de rasgar a voz ou seja a força de interpretar com grande intensidade. E eu identifico essa força em todas as intérpretes e compositoras que escolhi. Além disso, algo que eu chamo de ‘música cênica’ – interpretações tão peculiares que para mim ultrapassam as notas certas e as técnicas vocais”, pontua.

A presença feminina é notável não apenas na escolha do repertório, mas também na preparação para o evento. O visual da artista é resultado do trabalho de três mulheres: Tania Guarnieri, figurinos; Ju Joia, maquiagem; Gabriela Vilas Boas, fotografia. Tendo trabalhado juntas em diversos projetos, Tassia já sabe que “a mistura dá certo”. Na produção, a maior parte da equipe é composta por mulheres.

Graduada em Letras pela Universidade Estadual de Londrina (UEL), Tassia tem pós-graduação em Arte-Educação, concluída em 2012. Paralelamente aos estudos acadêmicos, em Londrina, fez parte da Cia. Teatro de Garagem, na qual a música sempre esteve presente. Em 2016 ingressou no curso de Piano MPB/Jazz no Conservatório de Tatuí.

O show

Os ingressos estão à venda com a própria Tassia e também na Fusteria, onde o show será realizado no sábado (18), com abertura da casa às 19h.

Os interessados podem garantir convites antecipados pelo (19) 98397-1142.

Mais informações podem ser obtidas na página do Facebook: Força Mulher.

A Fusteria fica na Avenida 4-A, 55, Cidade Nova.

Qual sua opinião? Deixe um comentário: