Neste ano, a celebração acontece na Matriz de São João Batista, localizada no Centro de Rio Claro, mas em 2015 a missa foi realizada na Praça de São Benedito, na Rua 9 entre as avenidas 13 e 15

Laura Tesseti

Neste ano, a celebração acontece na Matriz de São João Batista, localizada no Centro de Rio Claro, mas em 2015 a missa foi realizada na Praça de São Benedito, na Rua 9 entre as avenidas 13 e 15
Neste ano, a celebração acontece na Matriz de São João Batista, localizada no Centro de Rio Claro, mas em 2015 a missa foi realizada na Praça de São Benedito, na Rua 9 entre as avenidas 13 e 15

Domingo (20) é comemorado o Dia da Consciência Negra e Rio Claro celebra também 10 anos da criação do dia no município. Para celebrar, uma missa está sendo organizada e acontece a partir das 19 horas do dia 20 de novembro, na Igreja Matriz de São João Batista, localizada na Rua 6, entre as avenidas 3 e 5, no Centro da cidade.

Francisco Quintino, presidente do Sindicato dos Químicos de Rio Claro, fala sobre a importância da data. “Diante de um cenário internacional em que o racismo e o preconceito racial persistem, precisamos combater toda forma de racismo, especialmente a mágoa que ofende negros e negras na sociedade. É de grande importância essa missa, realizada em uma das maiores paróquias de Rio Claro.”

Publicidade

HOMENAGEM

Ainda durante o evento, quatro munícipes serão homenageados. O vereador José Pereira dos Santos, por ter dado entrada no projeto de lei que permitiu a criação da data na cidade; Nevoeiro Jr., que promulgou a lei, quando prefeito; Lincoln Magalhães, que criou a Delegacia Regional do Conselho Estadual de Participação e Desenvolvimento da Comunidade Negra; e Dona Clarice, coordenadora da Pastoral Afro-brasileira de Rio Claro.

No sábado (19), a partir das 19h30, no Centro Cultural “Roberto Palmari”, localizado na Rua 2, 2.880, serão escolhidas Miss Crespa e Miss Cacheada e a Rainha da Consciência Negra.

Mais em Notícias: