Militar de Rio Claro é convidado para Ministério do Meio Ambiente

1257

O ministro do Meio Ambiente, Ricardo Salles, indicou o diretor de Meio Ambiente da Prefeitura de Rio Claro, Major Marcos Pereira, para a DSAT (Diretoria de Ações Socioambientais e Consolidação Territorial em Unidades de Conservação), do ICMBio (Instituto Chico Mendes de Conservação da Biodiversidade). A novidade foi anunciada pelo próprio ministro em sua página oficial no Twitter.

Além do Major Marcos, outros militares de outras cidades também foram convidados para o ICMBio do Ministério do Meio Ambiente, na Diplan (Diretoria de Planejamento, Administração e Logística), Diman (Diretoria de Criação e Manejo de Unidades de Conservação) e Dibio (Diretoria de Pesquisa, Avaliação e Monitoramento da Biodiversidade). Em entrevista ao JC, o Major Marcos informou que já conhecia Salles da época em que o ministro era secretário de Meio Ambiente de São Paulo, entre 2016 e 2017.

“Recebi o convite do Salles e aceitei. Trabalhamos juntos quando foi secretário. Ele ligou me convidando para compor a equipe. Depois indicou essa diretoria, a qual desenvolve os trabalhos junto às pessoas que são afetadas ou têm alguma relação com as unidades de conservação e parques de responsabilidade da União”, declara ao JC. Com o novo cargo, Marcos atuará na equipe ministerial em Brasília.

“Faremos uma análise para decidir se haverá a necessidade de indicar alguém para também compor a diretoria. São tarefas específicas e precisamos de pessoas capacitadas, pois a diretoria é extremamente técnica”, afirma o militar. O Instituto Chico Mendes de Conservação da Biodiversidade é uma autarquia em regime especial criada em 2007 e integra o Sistema Nacional do Meio Ambiente (Sisnama). Cabe ao Instituto executar as ações do Sistema Nacional de Unidades de Conservação, podendo propor, implantar, gerir, proteger, fiscalizar e monitorar as UCs instituídas pela União.

Rio-clarense, o Major Marcos é formado pela Escola Superior de Soldados da Policia Militar do Estado de São Paulo, no município de Ribeirão Preto. Atuou em Piracicaba e desde 2008 integrava o 37° Batalhão de Policia Militar do Interior em Rio Claro. Desde 2016 era Comandante da 7ª Companhia do 1º Batalhão da Policia Militar Ambiental, em Rio Claro, responsável por uma região composta por 46 municípios.

Qual sua opinião? Deixe um comentário: