Foto: Reprodução CNN

A pista central da Marginal Tietê, no sentido da rodovia Ayrton Senna, deve ficar interditada por cerca de 10 dias após uma cratera se abrir ao lado das obras da Linha 6-Laranja do metrô de São Paulo.

A informação foi confirmada por Paulo Galli, secretário dos Transportes Metropolitanos do estado, em entrevista ao Bom Dia SP, da TV Globo. A autoridade informou que o buraco, que surgiu na manhã desta terça (1º), já está sendo coberto por rochas e argamassa, como anunciado pela STM. O material para preenchimento da cratera está sendo “lançado à distância” para evitar riscos aos funcionários envolvidos.

“Estamos agora injetando concreto. Serão 5 mil metros cúbicos de concreto. Na verdade, não é de concreto: é uma argamassa, e o concreto também será colocado lá. Estamos lançando à distância para não chegarmos tão perto do buraco”, explicou o secretário.

Depois de preencher a cratera, a equipe, que inclui funcionários da prefeitura e da Sabesp, irá colocar estacas ao longo da Marginal Tietê, para sustentá-la. Depois, o esgoto que vazou após o rompimento de uma adutora na região das obras do metrô também será removido.

Apenas após todo o processo, a pista central da via será liberada, o que deve levar em torno de 10 dias, segundo a previsão informada por Galli.

“Ela é a principal via de São Paulo, com um fluxo monstruoso, e precisamos liberá-la rapidamente”, frisou.

O secretário de Transportes ainda destacou que parte das obras da linha 6-Laranja, que atualmente tem previsão de entrega para outubro de 2025, estão mantidas mesmo após o acidente.

“Temos mais de 20 canteiros de obras que continuarão. O que temos hoje é a interrupção do Tatuzão. Ele vai ser reformado […] As estações que estão sendo feitas continuarão, esse trabalho continua sendo tocado […] Esse prazo (de conclusão de toda a obra da linha) a gente não consegue dar hoje, porque não temos um prazo de volta do Tatuzão”, detalhou a autoridade, informando ainda que o tatuzão usado para abertura do túnel está coberto de esgoto após o incidente.

A sua assinatura é fundamental para continuarmos a oferecer informação de qualidade e credibilidade. Apoie o jornalismo do Jornal Cidade. Clique aqui.

Mais em Dia a Dia: