Um dos mais populares líderes religiosos do interior de São Paulo, o padre Jocelir Leo Vizioli está construindo em Rio Claro um novo espaço para celebrar as missas. Segundo o religioso da igreja Católica Apostólica Brasileira, será o maior santuário de Nossa Senhora de Caravaggio do mundo.

A reportagem do Jornal Cidade esteve nesta semana no templo, que fica na Estrada Velha que liga Rio Claro a Ipeúna. A obra já está na fase de acabamento e foi projetada por um engenheiro da Rede Graal e terá capacidade para receber mais de oito mil fiéis.

“A ideia veio de uma necessidade de estarmos em outro espaço, pois o antigo não tinha capacidade suficiente para acolhermos o povo de Deus. O santuário no Palmeiras se tornou pequeno. Nesta obra, toda a estrutura está pronta. Agora, faltam acabamentos, como vidros, palco, portas e pintura”, disse.

Segundo o pároco, 30% dos materiais usados na construção são recicláveis. A obra está orçada em 30 milhões de reais e está sendo patrocinada por vários empresários e empresas, assim como a ajuda dos próprios fiéis. Ele agradeceu a todos que o ajudaram na obra.

“Nossa estrutura é totalmente tecnológica e acolhedora, desde a porta de entrada; a arquibancada com espaços bem grandes; e o altar giratório, que terá uma cruz enorme”, detalhou o padre.

Sobre a mão de obra, Jocelir explicou que 80% foram feitos por integrantes do CR (Centro de Ressocialização de Rio Claro), mas que, infelizmente, por conta do agravamento da pandemia do novo coronavírus, não podem mais sair para trabalhar. “É preciso valorizar essas pessoas que muitas vezes são discriminadas em nossa sociedade”, afirmou.

Igreja segue fechada com transmissões de missas pela internet

Antes da pandemia da Covid-19, as missas do padre gaúcho já chegaram a atrair até nove mil pessoas presencialmente. Há um ano e dois meses de portas fechadas ao público, Jocelir ressalta que pretende ficar assim, resguardando vidas.

Desde que foi falado que o distanciamento social seria uma das formas de prevenção ao novo coronavírus, a igreja não recebe público presente. Até que não tenhamos 60% do povo brasileiro vacinado, não vou abrir o santuário para o povo. Por consciência. Por enquanto, [o templo] ficará fechado”, falou.

Arrastar multidões já não é novidade para Jocelir, nem mesmo quando o assunto é tecnologia. Ao administrar a igreja, sempre pensou nas transmissões ao vivo que, na pandemia, tomaram ainda mais forma. São mais de 200 mil visualizações nas celebrações.

“Isso é resultado do investimento que fizemos a longo prazo. Há 18 anos que trabalho com os meios de comunicação. Hoje, por meio da internet, conseguimos atingir mais público para as celebrações. Fico grato, mas penso que o caminho é por aí: evangelizar sem medo”.

Dia de Nossa Senhora de Caravaggio

A igreja deu início, na última segunda-feira (17), à novena de Nossa Senhora de Caravaggio, com o tema: ‘Nossa Senhora Interceda Pela Bênção das Famílias’. A programação se encerra na quarta-feira (26), dia da Padroeira.

O padre relembrou que, assim como no ano passado, a tradicional carreata com concentração dos fiéis no Aeroclube de Rio Claro, com trajeto pelas ruas da cidade, não acontecerá neste ano. 

“Infelizmente, sem povo, sem carreata. Mas, na nova gruta, que ainda está em construção, vamos preparar um ambiente para a santa eucaristia. As pessoas podem visitar o santuário das 8h às 19h30, que é quando dará início à santa missa de ação de graças pelo Dia”.

Hoje, domingo (23), também como parte dos festejos à padroeira, acontece a Paella Caipira com Arroz Carreteiro com delivery a partir das 11h, na porta do novo santuário. Segundo o pároco, mais de 600 pessoas já aderiram, mas é possível retirar o ingresso na hora, pelo valor de R$ 35.

A sua assinatura é fundamental para continuarmos a oferecer informação de qualidade e credibilidade. Apoie o jornalismo do Jornal Cidade. Clique aqui.