Lucas Calore

2112-VERDE2.jpg
Consultada, a prefeitura afirma que a limpeza e corte de mato nesses logradouros foram feitos há cerca de 20 dias

Vizinhos de um conjunto de praças que acompanham a antiga linha férrea desejam melhorias para o local, que fica na Rua M-3, entre as avenidas M-7 e M-15. Áurea Teixeira, que vive ali há 59 anos, alega que as condições do local estão mínimas. “Há muitos idosos que residem aqui nesta rua. Quando vão passear na praça, correm o risco de cair por causa dos buracos no chão e desnível”, diz.

Outro problema apontado é a falta de limpeza e corte do mato, que está muito alto. Por ser uma rua íngreme, o matagal atrapalha a visibilidade, o que proporciona falta de segurança.

Já para Angela Caparroti, que também mora ali há décadas, esta falta de segurança é constante. A região do conjunto de praças não tem iluminação e os postes na rua não são suficientes. “Há muitas pessoas que ficam nas praças para usar entorpecentes. À noite, a movimentação dos moradores é mínima, pois têm medo”, afirma.

Prefeitura

Consultada, a prefeitura afirma que a limpeza e corte de mato nesses logradouros foram feitos há cerca de 20 dias e uma nova ação no local está na programação para os próximos dias. Vale lembrar que, nesta época do ano, com chuvas e maior período de exposição ao sol, o mato cresce mais rápido, o que dificulta os serviços de manutenção.

Com relação à situação do piso da praça, a Secretaria de Obras enviará técnico ao local para verificar a situação. Sobre poda de árvores, o serviço é feito apenas mediante laudo técnico atestando a necessidade da ação. Já com relação à segurança, a prefeitura orienta que as pessoas que flagrarem indivíduos em situação suspeita devem contatar a Polícia Militar ou a Guarda Civil.

A sua assinatura é fundamental para continuarmos a oferecer informação de qualidade e credibilidade. Apoie o jornalismo do Jornal Cidade. Clique aqui.