Atual poço tubular profundo de Itaqueri está danificado e sem utilização

Vivian Guilherme

O prefeito José Maria Cândido informou à população de Itirapina que o bairro de Itaqueri da Serra contará com novo poço tubular profundo. Segundo o prefeito, o atual poço que abastece o bairro foi construído em 1999, mas se encontra totalmente danificado e sem condições de funcionamento.

“O problema foi a execução de sua tubulação e filtros com aço galvanizado e não com aço inoxidável, conforme se exige as normas técnicas. Por isso, em razão do local ter muito ácido ferroso (região de muitas rochas), a tubulação e os filtros foram corroídos pela ferrugem, rompendo os referidos filtros com a entrada de areia na bomba de recalque da água que não consegue mais funcionar e, também, não há como ser recuperado”, esclarece Zé Maria.

Atual poço tubular profundo de Itaqueri está danificado e sem utilização
Atual poço tubular profundo de Itaqueri está danificado e sem utilização

Por isso, Itaqueri está sem poço e o abastecimento vem sendo realizado diariamente pela Prefeitura, através de caminhão-pipa. Entretanto, o fato de algumas casas não possuírem reservatório obrigatório interno, os munícipes ficam sem água em alguns momentos.

Zé Maria diz que a Prefeitura conseguiu novo projeto junto ao DAEE de Araraquara, no valor de R$ 474 mil, com profundidade de 300 metros a ser construído com tubulação de aço inoxidável. “A Prefeitura não dispõe desse recurso e o Governo do Estado não libera essa quantia. Portanto, a atual gestão municipal fará uma concorrência, modalidade tomada de preços nos próximos dias, condicionando o pagamento de forma parcelada, ou seja, metade este ano e metade no ano de 2016”, afirma o prefeito, que destaca que, “se a licitação for promissora, o novo poço deve ficar pronto até o final de novembro deste ano”.

Enquanto novas medidas não são tomadas, o prefeito orienta aos moradores do bairro para economizarem água ao máximo e para que as moradias que não possuem reservatório, providenciem o dispositivo de pelo menos 500 litros, para não ficar sem água potável por muito tempo.