Carine Corrêa

No quinto dia do ano Rio Claro já contabiliza seu segundo homicídio. Rogério Aparecido de Andrade foi morto com um tiro na cabeça na noite de sábado, (03), no bairro Jardim Maria Cristina. Segundo nota oficial encaminhada a imprensa pela Polícia Militar, Rogério tinha passagem pelos meios policiais. O crime ocorreu na Avenida 18, próximo a uma caixa d’água, em um Conjunto Habitacional.

A PM foi acionada por volta das 20h30 e, no endereço, avistou o homem caído no asfalto, com uma perfuração na região da cabeça.A equipe do Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu) constatou o óbito de Rogério. A ocorrência foi registrada no plantão policial. Moradores da região relataram que no momento dos disparos, pensaram que o barulho seria de “bombinhas”. “Não me passou pela cabeça que seria tiro”, disse uma mulher que indicou o local exato da rua onde o homem foi executado.

Primeiro homicídio

Logo no início do ano, dia 1º de janeiro, um homem foi encontrado morto em um terreno situado no bairro Jardim Boa Vista. Ele estava com marcas de tiros e fratura no braço.Vlademir de Melo foi encontrado morto com dois disparos, às 03h50 na Avenida Paulista II, entre as Avenidas 80 e 82. Ele residia na Avenida 70, no bairro Recanto Paraíso. O Samu foi acionado e atestou o óbito de Melo no local. Populares teriam ouvido uma moto deixando a cena do crime.

Mais em Segurança:

VÍDEO: Dupla de moto rouba caminhonete no Santa Cruz

ÁUDIO: Boletim Policial desta sexta-feira (14)