Greve no pedágio Rio Claro-Araras é suspensa

342

Foi suspensa a greve de funcionários operacionais da Intervias, concessionária que administra a Rodovia Wilson Finardi (SP-191), que liga Rio Claro ao município de Araras. Eles entraram em greve nas primeiras horas da manhã dessa quinta-feira (18).

Trabalhadores da empresa que atuam em outros trechos de rodovias no interior paulista também haviam aderido ao movimento para reivindicar melhorias nas condições de trabalho e do convênio médico, além de negociação coletiva.

Uma nova reunião entre a empresa Arteris Intervias e o Sindecrep (Sindicato dos Empregados nas Empresas Concessionárias no Ramo de Rodovias e Estradas em Geral do Estado de São Paulo) deve ocorre no próximo dia 29 de julho.

Uma audiência de conciliação foi realizada no período da tarde dessa quinta-feira entre a entidade que representa os empregados da categoria e a Arteris, grupo que administra a Intervias, e nela ficou decidida a suspensão da greve.

Já no dia 31 de julho uma segunda audiência no TRT (Tribunal Regional do Trabalho – 15ª Região) em Campinas/SP ocorrerá. Caso não haja um acordo entre as partes, a situação será encaminhada para julgamento.

O que diz a empresa

A Arteris Intervias informa nos últimos meses a companhia tem mantido contato constante com o sindicato dos empregados de concessões de rodovias para finalizar as negociações o mais rápido possível.

“A companhia possui um histórico pautado no respeito à sua equipe e não tem nenhum interesse em adiar esta definição. A companhia está adotando todas as medidas para assegurar a segurança de todos os usuários das rodovias e colaboradores, além de minimizar qualquer impacto na operação, garantindo o direito de ir e vir de quem trafega pelo trecho”, comunica.

Qual sua opinião? Deixe um comentário: