Gestão da Saúde volta a ser alvo entre vereadores

225

A sessão ordinária na Câmara Municipal, na noite dessa segunda-feira (29), foi marcada pelo novo coro de críticas à Saúde do município pelos vereadores da Casa de Leis. Foram vários os parlamentares que teceram comentários sobre o setor, além de o Legislativo presente aprovar requerimentos que cobram ações de melhoria da Fundação Municipal de Saúde.

A vereadora oposicionista Maria do Carmo Guilherme (MDB) levantou a discussão. “Esse final de semana foi uma catástrofe nas UPAs por falta de se fazerem exames na Atenção Básica. Pesquisem os nomes dos pacientes antes de mandar respostas de requerimentos”, disse. Logo em seguida ganhou apoio da vereadora da base, Carol Gomes (PSDB). “Também estamos encontrando problemas com as respostas aos nossos requerimentos. Mudou muita coisa na Saúde. Mudaram-se as pessoas, mas não mudou a forma de fazer gestão”, declarou a tucana.

Rogério Guedes (PSB), que agora é da oposição, complementou. “As UPAs estão um caos. Peço, senhor prefeito, que cuide da saúde de Rio Claro e não com esse descaso que está acontecendo”, afirmou. Rafael Andreeta (PTB) ressaltou que o que vem acontecendo não é novidade. “As melhoras não acontecem”, disse.

O integrante da bancada do Democratas, partido do prefeito Juninho, Seron do Proerd, destacou que é preciso que a nova secretária de Saúde, Maria Clelia Bauer, analise quais são os funcionários que realmente trabalham no setor. “Temos aquele que se dedicam, mas esses maus funcionários acabam estragando. Se não quer trabalhar para o povo, vá trabalhar na iniciativa privada”, explanou.

Yves Carbinatti (Cidadania) também entrou no coro. “Recentemente fiz requerimento sobre sondas e nenhuma providência foi tomada. Os pacientes estão sem, não obtive respostas”, afirmou. Adriano La Torre (PP), numa tentativa de defesa ao Executivo, elogiou a nova secretária e demais membros da autarquia, mas reconheceu que a Saúde “não anda bem”.

Projetos aprovados

Ainda na sessão de ontem (29), requerimentos que cobram e questionam problemas relacionados à Saúde foram aprovados pelos vereadores presentes no Plenário.

O destaque foi a propositura do vereador Val Demarchi, líder da bancada Democratas, que solicitou ações na unidade de saúde do Jardim das Flores e apresentou fotos do prédio deteriorado, recebendo apoio dos demais parlamentares.

Qual sua opinião? Deixe um comentário: