DÊ A PREFERÊNCIA: alguns motoristas insistem em desrespeitar a lei. A Guarda Municipal lamenta pela falta de educação

Sidney Navas

DÊ A PREFERÊNCIA: alguns motoristas insistem em desrespeitar a lei. A Guarda Municipal lamenta pela falta de educação
DÊ A PREFERÊNCIA: alguns motoristas insistem em desrespeitar a lei. A Guarda Municipal lamenta pela falta de educação

É uma pena, mas o desrespeito às faixas de pedestres na cidade persiste por parte de alguns motoristas que não dão preferência aos transeuntes, como manda a lei. O desrespeito ocorre nos quatro cantos de Rio Claro, principalmente na área central, como na Rua 4 com a Avenida 1. Sem a presença de policiais militares e/ou guardas civis municipais, os abusos cometidos por alguns aumentam consideravelmente.

Para o comandante da GCM, Wlademir Walter, esse tipo de comportamento é lamentável. “Os condutores precisam dar preferência aos pedestres, independentemente da presença de guardas no cruzamento”. Ainda segundo ele, a falta de consciência e respeito contribui para o caos no trânsito.

“É preciso respeitar as leis. Toda vez que o pedestre for atravessar pela faixa, o motorista tem que parar. Está na lei”, enfatiza. Para o aposentado Gilberto Barbosa, os motoristas de Rio Claro, em especial os motociclistas, não dirigem com cautela.

“Só conseguimos atravessar pela faixa quando condutores percebem a presença da PM ou da GM nas imediações. Caso contrário, eles passam por cima da gente”, dispara o aposentado. Vale lembrar que parar em cima da faixa de pedestres é passível de multa.