Faça a diferença neste final de ano

242

Quer fazer a diferença neste final de ano e presentear uma criança com momentos inesquecíveis, até impossíveis de serem realizados dentro da difícil realidade em que ela vive? O momento é agora!

A ONG Vida a Vila, localizada no Jardim Maria Cristina, está em busca de voluntários para apoiar um passeio a um parque aquático em São Pedro, proporcionando alegria e diversão para as 120 crianças atendidas no projeto.

De acordo com Guilherme Alves, presidente da ONG, a participação consiste na doação de um valor simbólico para subsidiar o passeio. “O interessado pode ‘adotar’ uma criança no valor de R$ 50, que inclui alimentação, o ingresso e transporte. Uma quantia que proporcionará um bem muito maior para quem precisa”, explica Alves.

De forma geral, o objetivo da Vida a Vila é resgatar as crianças e adolescentes da rua, combatendo o envolvimento precoce com substâncias entorpecentes, violência urbana e doméstica, entre outros vícios. Desta forma, oferece a oportunidade de aprenderem novas tarefas e desenvolvê-las em suas habilidade naturais, até então desconhecidas.

“Acreditamos que todos têm, ou pelo menos devem ter, os mesmos direitos e deveres frente à realidade social. Por isso, por meio de nossas atividades, como dança, alfabetização, jiu-jítsu, reforço escolar, instrumentos e tantas outras, buscamos dar total conhecimento para que nossos pequeninos possam ter esses direitos e deveres, formando cidadãos críticos e conhecedores do papel social”, reforça o presidente.

Constituída em 12 de outubro de 2015, a ONG se fortalece por meio de uma realidade triste, mas que, desde o início, despertou enorme amor pela vida de cada criança presente naquele lugar.

O prazo para aderir à iniciativa é até 15 de dezembro, que pode ser feito em contato direto pelo telefone (19) 99639-6777 ou por meio de depósito bancário:

Conta Sicredi

Banco: 748 – Banco Cooperativo Sicredi

Agência: 0718

Conta: 64258-1

Razão Social: Associação Beneficente e Social Vida a Vila

CNPJ:28.751.785/0001-53

Qual sua opinião? Deixe um comentário: