Entre função de confiança e comissionados, Reforma prevê 597 cargos políticos em RC

118

Antonio Archangelo/Coluna PolítiKa

A alardeada Reforma Administrativa da Prefeitura, do Departamento Autônomo de Água e Esgoto (Daae) e da Fundação de Saúde, que irá para votação nesta segunda-feira, 8 de dezembro, na Câmara, prevê a existência de pelo menos 597 cargos políticos na máquina pública, entre as funções de confiança (que devem ser preenchidas por servidores efetivos) e comissionados de livre nomeação do prefeito municipal.

De acordo com o texto, na Guarda Civil Municipal serão cinco funções de confiança de nomeação do Executivo, na Fundação de Saúde serão 58 funções de confiança e 76 comissionados, já incluídos os percentuais mínimos de efetivos para a função de gerente; no Daae outras 55 funções de confiança e 25 comissionados; na prefeitura serão 75 gerentes efetivos (funções de confiança), além de 237 comissionados; 110 comissionados ligados a Secretaria de Ação Social; e 31 gerentes de livre escolha do prefeito – totalizando 453 cargos políticos na administração geral

Ainda de acordo com os projetos de lei, a máquina pública chegará a impressionantes 5.092 servidores públicos, incluindo nesta conta os 597 comissionados, que representarão 11,72% dos funcionários públicos na esfera municipal em Rio Claro.

Lembrando que nesta conta não estão incluídos os servidores do Arquivo Público Municipal, Instituto de Previdência e Fundação Ulysses Guimarães, os professores municipais regidos por leis próprias, além dos cargos que serão extintos na vacância.

A prefeitura foi indagada sobre os números da Reforma, mas não se posicionou sobre o tema, pelo menos até o fechamento desta edição.

3 COMENTÁRIOS

  1. **A complexividade deste debate abrange unicamente exclusivamente os interesses partidários, que vai alimentar vagas entre os partidos aliados ao governo municipal !!!e o individual que não pode ficar de fora do jogo !!!como o dinheiro arrecadados com impostos dificilmente chega nos bairros periféricos ,em forma de benefícios!!!ai entra esta sacanagem !!!empregos comissionados!!cargos de confiança que de confiança***NÃO TEM NADA***!!!!e os direitos dos concursados,que pagaram taxas de inscrição ***que só serve para rechear os COFRES PUBLICO>>uma tapeação !! assim pleitear uma vaga de maneira democrática,nos serviços publico !!que esta a espera desta vagas que nunca chega!!!!!!Todos esta manobra pervença coloca em risco o regime democrático e serio, do nossos parlamentares.E
    a confiabilidade do Município, pois ninguém e idiota!!a ponto de saber que esta regras são manipuladas , tanto pelo executivo ,como pelo legislativo !!do jeito que eles bem querem !!!e bom se fazer justiça e dar oportunidade aqueles ,que fizeram sua provas de forma competente , e ingresse de maneira justa no serviço publico!!!!!!nos temos todo direito de protestar CONTRA ESTE ABUSO !!! O município de **RIO CLARO e muito maior que>> indecência e abuso dos dirito democrático!!!!a prioridade deveria ajustar os gastos de maneira mais transparente !!!e não fazer manobras,para desviar o foco !!onde os direitos da queles que os elegeram (o povo) delapidados de forma absurda e sumaria!!!!!!!!!!!!!!!!uma vergonha !!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!

  2. Eu creio que haja necessidade de todos esses comissionados!
    Várias pessoas inúteis juntas, coincidindo o horário do possível trabalho, podem ter uma ideia útil para a boa gestão pública!
    Parabéns prefeito!
    Parabéns vereadores!

  3. É incrivel a capacidade de os politicos tem de esquecer do povo depois de eleito.Vem agora esse bando criar mais cargo para comissionados nas autarquia e legislativo. poxa meu dinheiro não é capim para alimentar esse jumentos que nada oferecem em comprometimento com o pulico.A verdade é que votamos muito mal para vereadores,com rarissimas exceções,e vamos ter de pagar pelo erro por mais dois anos,tomara que aprendamos a lição.

Qual sua opinião? Deixe um comentário: