Dengue afeta 3,5 mil na região

56

Vivian Guilherme

Itirapina realiza ‘Dia D’ contra a dengue neste sábado percorrendo os bairros
Itirapina realiza ‘Dia D’ contra a dengue neste sábado percorrendo os bairros

Neste sábado (21), a Prefeitura de Itirapina realiza arrastão de limpeza na cidade, com o intuito de encontrar prováveis criadouros dos mosquitos. Com 159 infectados, de acordo com dados do Ministério da Saúde, Itirapina é a segunda cidade da região com o maior número de casos confirmados da doença.

Cordeirópolis ocupa a terceira posição, com 90 casos de dengue, segundo a Secretaria da Saúde. Nesta semana, a Câmara Municipal da cidade debateu o assunto e os vereadores ressaltaram o fato de que outros 68 casos suspeitos não foram confirmados. “O momento é de conclamar todos. Até mesmo os parlamentares para que eles sejam agentes multiplicadores nessa luta contra a dengue”, disse o vereador Júlio César dos Santos.

Números divulgados pela Secretaria de Saúde de Rio Claro na última sexta-feira (13), apontaram para um aumento de cerca de 33% em apenas uma semana, são 3.113 infectados. Vale lembrar que novo boletim da prefeitura será divulgado no final da tarde desta sexta-feira (20).

A região central ainda é a que apresenta maior número de casos, 241, seguido pelo Santa Eliza, 188, e Santana, 165. O prefeito Du Altimari destacou que os números oficiais estão sendo divulgados pela Vigilância Epidemiológica com base nas notificações que são comunicadas e que a luta maior é para que não haja óbitos. A cidade continua com ações de nebulização e visitações, além de atendimentos no Centro de Triagem e Hidratação.

Em Analândia, a população vai ganhar mais um reforço no combate à dengue. A prefeitura contratou o serviço de pulverização contra o mosquito. De acordo com a administração a medida intensifica o conjunto de medidas tomadas. Atualmente, Analândia tem 13 casos de dengue confirmados, 5 negativos e 10 aguardando resultado. “Outra ação que vamos intensificar são as visitas domiciliares. Pedimos a colaboração de todos”, ressalta a responsável pela VISA, Gabriela D’Ambrozo.

Qual sua opinião? Deixe um comentário: