Cuca não resiste à pressão e pede demissão do cargo de técnico do São Paulo

165

Cuca não é mais o técnico do São Paulo. O treinador pediu demissão nesta quinta-feira à tarde, um dia depois da derrota por 1 a 0 sofrida para o Goiás, no estádio do Morumbi, na capital paulista, pela 21.ª rodada do Campeonato Brasileiro. A tendência é que Vagner Mancini, atual coordenador técnico, assuma o comando da equipe e possa ficar para a sequência da temporada de 2019.

A informação da saída de Cuca foi confirmada pelo Estado com pessoas ligadas ao clube. Contratado em abril deste ano, o treinador deixa o São Paulo com um aproveitamento de 47,4%. Em 26 jogos – contando Brasileirão, Campeonato Paulista e Copa do Brasil – foram nove vitórias, 10 empates e sete derrotas.

Diante do Goiás, Cuca montou um time que não conseguiu chutar a gol com a bola rolando – o lateral-esquerdo Reinaldo desperdiçou uma cobrança de pênalti no segundo tempo -, tampouco oferecer grandes perigos ao adversário. A derrota provocou xingamentos da torcida. O técnico, em sua entrevista coletiva após a partida, disse que faria o mesmo se estivesse nas arquibancadas do estádio do Morumbi.

O São Paulo voltou bem após a parada da Copa América, em julho, mas o time caiu de rendimento nas últimas rodadas do Brasileirão Dos últimos 18 pontos disputados, o time conquistou apenas cinco. Perdeu para Goiás, Internacional e Vasco, empatou contra Grêmio e CSA e venceu apenas o Botafogo nesta caminhada. Nem a contratação de dois pesos pesados do futebol, o lateral-direito Daniel Alves e o lateral espanhol Juanfran, foi suficiente para dar rumo ao time.

O São Paulo tem 35 pontos em 21 partidas e ocupa a sexta colocação na tabela de classificação. Hoje estaria classificado às fases eliminatórias da próxima edição da Copa Libertadores. Na próxima rodada, a 22.ª, o time tricolor encara o líder Flamengo, neste sábado, no estádio do Maracanã, no Rio de Janeiro.

Desde o começo de 2018 passaram seis pessoas pelo cargo de técnico do São Paulo. Além de Cuca, o time foi comandado por Dorival Júnior, Diego Aguirre, André Jardine e Vagner Mancini, este como interino.

Qual sua opinião? Deixe um comentário: