Em uma semana Rio Claro registrou crescimento de mais de 55% nos casos confirmados de coronavírus. Boletim divulgado na segunda-feira (1º) pela Secretaria de Saúde do município aponta 109 casos da Covid-19, 39 a mais do que o município tinha na segunda-feira anterior.

“Infelizmente, treze pessoas já perderam a vida em decorrência da doença em nossa cidade. É importante nos mantermos em alerta, sem relaxar nos cuidados preventivos. Estamos iniciando a flexibilização da quarentena, mas se não houver a colaboração de todos, a cidade pode retroceder de fase e as atividades voltarem a ser fechadas”, observa o prefeito João Teixeira Junior.

A incidência dos casos é maior na faixa etária de 41 a 60 anos, com 37 casos confirmados. Dos 109 casos confirmados, 75 são de pessoas abaixo de 60 anos e 34 de pessoas com mais de 60 anos. Já a maior parte dos óbitos por coronavírus é entre pessoas idosas. Apenas um óbito é de paciente que tinha menos de 60 anos.

“É fundamental que medidas de precaução sejam adotadas por todos para impedir que mais pessoas sejam contaminadas pelo novo coronavírus e consequentemente que outras pessoas venham a perder a vida”, reforça Maurício Monteiro, secretário de saúde, lembrando que medidas de higienização, distanciamento social e uso de máscaras são cuidados essenciais no enfrentamento à pandemia.

O boletim desta segunda-feira registra mais dois casos positivos em relação ao boletim do dia anterior. Ambos os pacientes estão em isolamento domiciliar. O município tem 22 pacientes internados, sendo dez em UTI. Trinta e seis pessoas se recuperaram da doença em Rio Claro. Há dois óbitos em investigação.