O prefeito de Cordeirópolis, Adinam Ortolan, anunciou que pacientes com Covid-19 que romperem o período de isolamento social irão responder criminalmente.

Os infratores, já que assinaram termo de consentimento concordando com as obrigatoriedades exigidas pelo Ministério da Saúde, poderão ser detidos, mediante reclusão ou prisão em domicílio com uso de tornozeleira eletrônica.