Divulgação

A bandeira vermelha vigente durante o mês de agosto foi substituída pela bandeira amarela desde essa sexta-feira, dia 1º de setembro. A bandeira vermelha vigente em agosto considerava um adicional de R$ 3,00 a cada 100 KWh. Já a bandeira amarela que vale em setembro implica em um adicional de R$ 2,00 a cada 100 kWh. Assim, foi reduzido o adicional de bandeira em R$ 1,00 a cada 100 kWh consumidos.

Segundo a Agência Nacional de Energia Elétrica (Aneel), o fator que determinou a bandeira amarela em substituição à vermelha foi a melhora das condições hidrológicas nas regiões Sul e Sudeste. Embora melhor que a vermelha, a bandeira amarela ainda sinaliza um momento de atenção quanto ao consumo de energia, por isso as medidas de economia devem continuar.

 

A sua assinatura é fundamental para continuarmos a oferecer informação de qualidade e credibilidade. Apoie o jornalismo do Jornal Cidade. Clique aqui.

Mais em Dia a Dia: