Consumo de água aumenta em Rio Claro com o calor intenso

73

Ednéia Silva

As estações de tratamento de água de Rio Claro estão trabalhando em plena carga (foto divulgação), segundo o Departamento Autônomo de Água e Esgoto
As estações de tratamento de água de Rio Claro estão trabalhando em plena carga (foto divulgação), segundo o Departamento Autônomo de Água e Esgoto

Rio Claro tem registrado temperaturas elevadas acima dos 35ºC. Na quinta-feira (24), a cidade registrou a segunda maior temperatura do ano, 38,4ºC, desde que a medição começou a ser feita pelo Ceapla (Centro de Análise e Planejamento Ambiental) da Unesp. Tanto calor aumenta o consumo de água e energia, o que demanda cuidado por parte da população no uso desses recursos.

O Daae (Departamento Autônomo de Água e Esgoto) registrou nos últimos dez dias um aumento de 5% em média no volume de água captada tanto no Ribeirão Claro, como no Rio Corumbataí para o abastecimento do município. O departamento acredita que “a elevação das temperaturas e a baixa umidade relativa do ar podem ter contribuído para o aumento do consumo de água pelas famílias nas últimas semanas”.

Segundo o Daae, as estações de tratamento de água (ETAs 1 e 2) estão trabalhando com plena carga e o abastecimento de água está normal. “A equipe técnica monitora diariamente os níveis dos rios Corumbataí e Ribeirão Claro e, com base nesse monitoramento, o sistema operacional vem sendo realizado nas estações de tratamento de água”, explica. Mesmo com calor, o Daae orienta a população a fazer uso racional e consciente da água.

O calor também aumenta o consumo de energia por causa do uso de aparelhos elétricos, como ventilador e ar-condicionado. Questionada sobre o fato, a Elektro informou que fará balanço apenas em outubro.

Conforme o técnico da estação meteorológica do Ceapla, Carlo Burigo, a temperatura mais alta no município foi registrada em 12 de outubro de 2014, quando os termômetros marcaram 39,6ºC. Há empate na segunda maior temperatura, 38,4ºC, em duas datas distintas: 12 de outubro de 2002 e 24 de setembro de 2015.

Burigo explica que o município está sob a influência de uma frente de aquecimento que alterou o clima na região. Rio Claro registrou chuvisqueiro, à tarde, e uma chuva mais forte na noite dessa sexta-feira (25), quando a temperatura variou de 17,6ºC a 35ºC. O índice de umidade relativa do ar melhorou, com máximo de 58% às 9 horas e mínimo de 45% às 15 horas, mas não houve comunicação sobre o índice no fim da noite.

O técnico comenta que existe grande probabilidade de chuva no fim de semana. Podem acontecer pancadas de chuva neste sábado (26). O dia deve ser parcialmente nublado com temperaturas entre 21ºC e 35ºC. A umidade do ar deve chegar a 35%.

Burigo informa que, para o início da semana, há previsão de chuva para segunda, terça e quarta-feira. A probabilidade de precipitação é de 80% com temperatura máxima entre 30ºC e 32ºC. Devido ao forte calor registrado nos últimos dias, essas chuvas podem vir acompanhadas de fortes rajadas de vento, descargas elétricas e granizo.

Qual sua opinião? Deixe um comentário: