Um incidente de ameaça seguido de disparo de arma de fogo foi registrado por volta das 22h20 do último sábado, dia 15 de julho, na Rua 3, no bairro Saúde, próximo à região central de Rio Claro. O suspeito, um homem de 27 anos, foi detido pela Polícia Militar.

De acordo com a vítima, uma jovem de 19 anos, ela informou ter recebido antecipadamente a quantia de R$ 100,00 do acusado para realizar um programa sexual. No entanto, durante o ato, o acusado tentou algo que a jovem não permitiu. A partir desse momento, ele passou a exigir o reembolso do dinheiro. A vítima negou o pedido, resultando em ameaças por parte do indiciado. Uma testemunha, amiga da vítima, relatou ter ouvido de seu quarto a discussão e a ameaça feita pelo acusado de que iria matar a jovem. Ainda segundo a amiga, o rapaz foi embora, mas retornou em seguida, apertou o interfone e como não foi atendido, efetuou três disparos contra a residência da vítima, felizmente sem atingir ninguém, obrigando-as a fugir pelos fundos.

Interrogado, o indiciado confessou em parte os fatos. Confirmou o programa e o desentendimento, mas negou o contato não permitido e as ameaças. Confessou também ter saído e retornado armado e feito apenas um disparo no local. A arma estava registrada em seu nome como CAC.

Através de mandado de busca e apreensão, os policiais foram até a casa do acusado onde apreenderam a motocicleta envolvida no incidente, uma Honda CG 150 preta, com placa de Rio Claro, mais 10 cartuchos e uma pistola Taurus calibre 9 mm.

O acusado permaneceu à disposição da Justiça.