Carbinatti é um dos grandes nomes da modalidade e busca vaga nas Paraolimpíadas do Rio

 

Matheus Pezzotti

 Carbinatti é um dos grandes nomes da modalidade e busca vaga nas Paraolimpíadas do Rio

Carbinatti é um dos grandes nomes da modalidade e busca vaga nas Paraolimpíadas do Rio

O atleta paraolímpico rio-clarense Carlos Carbinatti, da equipe FranTT, de Piracicaba, segue sendo um dos grandes nomes do tênis de mesa do país.

No final de maio, pela Classe 10, conquistou o Campeonato Brasileiro Paraolímpico, realizado no Centro Esportivo Miécimo da Silva, em Campo Grande, no Rio de Janeiro, sendo este seu sétimo título nacional. Na final, derrotou Eric Reis, por 3 sets a 0, com as parciais 11/4, 11/4 e 11/3.

“Atingi o objetivo principal, que era conquistar o individual. Isso após uma viagem longa e com a cabeça meio fora de lugar, pelo cansaço, então foi bastante positivo. Agora é pensar nos Jogos Parapan-Americanos”, afirma.

Já ao lado de Diego Moreira, também da equipe piracicabana, conquistou o título de duplas também na Classe 10.

Na decisão, Carbinatti e Moreira derrotaram a dupla formada por Paulo Salmin e Claudio Massad, da Associação Nova Era, de São Paulo por 3 sets a 0, com as parciais 11/4, 11/7 e 11/3.

Os campeões ainda não tinham grande experiência juntos, mas já planejavam a parceria pensando até mesmo em competições internacionais, já que o próximo compromisso serão os Jogos Parapan-Americanos, em agosto, no Canadá.

No nacional, Carbinatti e Moreira venceram todos os quatro jogos disputados por 3 a 0, sem perder um set sequer.

“Estamos começando a ter entrosamento agora. Não tínhamos a expectativa de jogar bem, mas evoluímos até chegarmos ao título. Foi uma surpresa positiva, já que treinamos pouco em dupla. Estamos começando agora, encaixando o que é melhor para cada um. Evoluímos bem e fomos jogo a jogo até a final”, avalia o rio-clarense que, nas duplas, consagrou-se como bicampeão.

Vale ressaltar que, em 2013, Carlos disputou o Brasileiro Olímpico na categoria Adulto, na primeira divisão, e foi vice-campeão nas duplas, com Thiago Grossklaus.

Antes do nacional, também em maio, Carbinatti disputou o Aberto da Eslovênia e, depois, da Eslováquia, em ambos chegou até as quartas de final, ficando em sexto lugar.

A sua assinatura é fundamental para continuarmos a oferecer informação de qualidade e credibilidade. Apoie o jornalismo do Jornal Cidade. Clique aqui.

Mais em Esportes:

Shopping Rio Claro tem ponto de troca de figurinhas da Copa

Rio Claro enfrenta Bauru nos playoffs

Rio Claro é vice-campeã dos Jogos Regionais 2022