Candidatos falam sobre problemas em bairros

133

Antonio Archangelo

Na primeira semana de entrevistas com postulantes na Excelsior Jovem Pan News, candidatos a prefeito discorreram sobre problemas em bairros de Rio Claro
Na primeira semana de entrevistas com postulantes na Excelsior Jovem Pan News, candidatos a prefeito discorreram sobre problemas em bairros de Rio Claro

O candidato Gustavo Perissinotto, do PMDB, citou seu currículo como advogado no serviço público em Piracicaba. Comentou que realizou mais de 350 reuniões populares, “de onde tiramos nosso plano de governo”. “Pudemos perceber que precisaremos revitalizar os espaços públicos”, disse. Citou também modernização do parque de iluminação pública.

Sérgio Santoro, candidato pelo PRB, mencionou sua gestão frente ao Procon e alegou que existe falta de atenção com os bairros. “Falta muita coisa a ser feita, mas falta muita atenção. Vamos voltar o Procon nos bairros, onde levamos justiça gratuita para os bairros, inclusive da periferia.” Também mencionou a regulamentação do serviço de mototáxi.

O candidato do Democratas, Juninho da Padaria, criticou o atual governo pelo abandono dos bairros da cidade, elencando mato alto e a insegurança, como a ausência de pavimentação asfáltica (total ou parcial) em 18 bairros. “Existe uma cidade que o governo municipal vê, limpa e organizada, e a outra que o povo sofre.”

O candidato a prefeito Mário Zaia, do Solidariedade, disse que a população que ditará as obras públicas que serão realizadas, o que elencou de “obra participativa”. “Eles irão ditar e eu vou falar o que poderá ser feito.” Zaia também criticou o atual governo municipal como também o papel dos atuais vereadores, os quais elencou como culpados pela situação da prefeitura.

Alcir Russo, do PV, comentou que sua intenção é extinguir a Secretaria de Planejamento, Desenvolvimento e Meio Ambiente com a criação das secretarias de Meio Ambiente e Secretaria de Gestão – que aglutinará as secretarias de Mobilidade Urbana, de Obras e de Manutenção e Paisagismo. “Com isso reduziremos 20 cargos comissionados”, citou.

No sábado, o último da semana, o candidato a prefeito Airton Moreira (PSOL) criticou o atual governo municipal e seu candidato Perissinotto, como também o candidato pelo Democratas, Juninho da Padaria. “Tem que falar para ele [Juninho da Padaria] que função de vereador é fiscalizar, não capinar e colocar foto no Facebook”, citou.

Segunda Semana

Nesta semana, candidatos terão cinco minutos cada para discorrer sobre a situação financeira da prefeitura de Rio Claro.

Qual sua opinião? Deixe um comentário: